Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Médico que estava desaparecido é encontrado morto, em Timbó

O corpo da vítima foi encontrado no Morro Azul, parcialmente carbonizado. O médico teria sido atraído ao local do crime por uma garota de programa

2c5b44ed01b908bbbaaa0d8fe152b584.jpg Foto: Divulgação

Foi encontrado no sábado, 23 de junho, por volta das 22h30min, o corpo do anestesiologista do Hospital Oase, de Timbó, Cleonildo Aldeman de Oliveira. Desaparecida desde o dia 16 de junho, a vítima foi encontrada no Morro Azul, em Timbó, parcialmente carbonizada. 

Segundo laudo do Instituto Médico Legal (IML), o médico foi morto por asfixia no dia 16. Cleonildo teria sido atraído por uma garota de programa até o local do crime. A mesma encontra-se presa de forma temporária, assim como três homens, sendo que dois confessaram participação no crime. 

De acordo com a Polícia Civil, os criminosos queriam roubar dinheiro e informações bancárias. Após a morte, o médico foi colocado dentro de seu carro e levado até o Morro Azul. O veículo, modelo Land Rover, foi abandonado próximo ao Complexo Esportivo de Timbó, no dia seguinte, domingo, 17, com marcas de sangue e máscaras de motoqueiro. 

Os quatro criminosos irão responder por latrocínio (roubo seguido de morte) e ocultação de cadáver. Um quinto suspeito ainda é procurado. 

O médico, que completaria 65 anos no dia 02 de julho, é natural de Maceió e já atuou em Pomerode.



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg