Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 26Cº / Min 15°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Mais uma cidade catarinense proíbe a distribuição de canudos plásticos

Restaurantes, bares, lanchonetes, barracas de praia ambulantes e outros similares serão fiscalizados. A primeira multa é de R$ 3 mil, caso haja reincidência, a taxa será de R$ 6 mil

95906a50f9c8525eb4c44eec4c87fc5c.jpg Foto: David McNew/Greenpeace

A vez foi de São Francisco do Sul, município localizado a mais de 90km de Pomerode. Estabelecimentos comerciais da cidade não podem mais distribuir canudinhos plásticos, desde a última terça-feira, dia 1º de janeiro. A multa para os comerciantes que desrespeitarem a medida pode chegar até R$ 6 mil.

A lei nº 2077/18 foi sancionada em 1º de outubro de 2018, com data prevista de início de aplicação em 2019. Segundo declaração da prefeitura ao portal G1, na cidade, são aceitos apenas canudos de papel biodegradável ou recicláveis individuais.

Ainda de acordo com a sede do Poder Executivo Municipal, serão feitas fiscalizações por meio da Vigilância Sanitária, Secretaria de Meio Ambiente e Fiscalização de Obras e Posturas. No ano passado, em 2018, foram realizados, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, trabalhos de conscientização, para explicar as alterações da lei.

Entre os estabelecimentos fiscalizados, estão restaurantes, bares, lanchonetes, barracas de praia ambulantes e outros similares. A primeira multa é de R$ 3 mil, caso haja reincidência, a taxa será de R$ 6 mil.

Moradores e turistas podem contribuir com a fiscalização. As denúncias podem ser feitas através do e-mail ouvidoria@saofranciscodosul.sc.gov.br e telefone 3471-2294, a partir da próxima segunda-feira, dia 07 de janeiro.



Veja também: