Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Mais um motivo para Pomerode se orgulhar

Resultado da Olimpiada Brasileira de Matemática é divulgado e cinco pomerodenses recebem medalhas. As escolas públicas, Noemi Schroeder, Amadeu da Luz e Olavo Bilac, também foram contempladas e irão receber um kit com material didático

681730077123eb3cce2d59b0949e7889.jpg Foto: Divulgação

Na semana passada, o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) divulgou os medalhistas da Olímpiada Brasileira de Matemática, realizada neste ano. Estudantes de escolas públicas e particulares, de todo o Brasil, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, e do 1º ao 3º do Ensino Médio, realizaram as provas em duas etapas: uma no dia 05 junho, e a segunda, em 15 de setembro.

E, mais uma vez, Pomerode fez bonito. Dos mais de 18 milhões de inscritos, cinco alunos da cidade, conquistaram medalhas de ouro, prata e bronze. João Vieira Tambosi, da Amadeu da Luz; e Roger Henrique Maldaner, da Olavo Bilac, conquistaram o ouro. Luiza Herbstrith Bica, da Noemi Schroeder, levou para casa a medalha de prata. Já Érica Paulina Radtke e Kaio Haruta, da Amadeu e Olavo, respectivamente, ficaram com o bronze. 

Além disso, as professoras Andreia Sheila Zatelli Fiamoncini e Maria Cristina Sborz Dallmann, da Olavo Bilac e Amadeu da Luz, respectivamente, foram premiadas com um diploma de homenagem, um livro de apoio à formação matemática e participação no programa Obmep na Escola, em 2019.

As escolas públicas, Noemi Schroeder, Amadeu da Luz e Olavo Bilac, também foram contempladas e irão receber um kit com material didático. 

 A olimpíada distribuiu, entre os estudantes de escolas públicas, um total de 500 medalhas de ouro, 1.500 de prata, 4.500 de bronze e 40.946 menções honrosas. Os alunos de escolas particulares receberam 75 medalhas de ouro, 225 de prata, 675 de bronze e 5.700 menções honrosas. Também foram premiados professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacaram, em virtude do desempenho dos alunos.

Para o secretário de Educação e Formação Empreendedora, Jorge Luiz Buerger, o ensino da matemática está ganhando cada vez mais força, nas escolas municipais de Pomerode.

“É um orgulho enorme ter esses alunos premiados. Tudo isso, é resultado do esforço do próprio aluno e, também, dos professores da disciplina, que se empenham para ensinar, da melhor forma possível, a matemática, já que ela, para muitos, é considerada um ‘bicho papão’”, ressalta o secretário.

Buerger também recomenda aos outros estudantes, usarem como motivação, os alunos medalhistas da Obmep 2018.

“Com esforço e dedicação, sempre vamos alcançar os objetivos. E que esses alunos ‘de ouro’, possam servir de motivação para outros estudantes, para atingir os resultados e usar a matemática não só para esse tipo de testes especiais, mas para a vida toda”, finaliza. 

As cerimônias de premiação da Obmep 2018 ocorrerão durante 2019, em data a ser definida.



Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg