Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 26Cº / Min 15°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Lula é condenado a mais de 12 anos de prisão no caso do sítio em Atibaia

A sentença é da juíza substituta Gabriela Hardt, da primeira instância, é a segunda que condena Lula na Lava Jato, mas ainda cabe recurso. Outras 12 pessoas também foram denunciadas no processo

494c5f2c5d4baeb292fd497931661ee4.jpg Foto: Douglas Magno / AFP

Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente da República, foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. A sentença foi divulgada nesta quarta-feira, 06 de fevereiro e se aplica ao processo da Lava Jato que apura de Lula recebeu propina por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP).

A sentença é da juíza substituta Gabriela Hardt, da primeira instância, é a segunda que condena Lula na Lava Jato, mas ainda cabe recurso. Outras 12 pessoas também foram denunciadas no processo.

De acordo com a denúncia, do Ministério Público Federal (MPF), o ex-presidente recebeu propina do Grupo Schain, de José Carlos Bumlai, e das empreiteiras OAS a Odebrecht, por meio de uma reforma e decoração no sítio Santa Bárbara, em Atibaia. A Odebrecht teria dado R$ 128 milhões e a OAS outros R$ 27 milhões. Os procuradores afirmam que parte do dinheiro foi usado para adequar o sítio às necessidade de Lula.



Veja também: