Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Locais para novas câmeras de segurança serão instaladas em 17 pontos

Parte do Projeto Pomerode Segura, as câmeras de vídeo monitoramento serão instaladas em 17 pontos estratégicos da cidade classificados como de necessidade extrema de instalação de câmeras de segurança.

62e01f7b1115db929e9493fffda15dcf.jpg Foto: Raphael Carrasco/JP

O Projeto Pomerode Segura, sancionado pelo prefeito Ércio Kriek em 18 de outubro deste ano, está se encaminhando para apresentar as soluções práticas para a comunidade. Isso porque, nas reuniões realizadas em alguns dos bairros contemplados, a comunidade, tanto empresarial, quanto civil, se mostrou empenhada em colaborar com o financiamento das câmeras. Inclusive, em virtude disso, o Tenente Fabio Verdasca de Luca, comandante da PM de Pomerode, com base em um estudo criterioso, já realizou um levantamento dos locais que necessitam de videomonitoramento. 

Neste levantamento, 17 pontos iniciais foram classificados como tendo necessidade extrema de instalação de câmeras de segurança. São eles: 

- Ribeirão Souto; 
- Testo Central; 
- Ribeirão Luebke, na própria rodovia; 
- Rua Atiradores, esquina Vale do Selke Grande; 
- Rua Vale do Selke Grande, com a Vale do Selke; 
- Ribeirão Herdt; 
- Pomerode Fundos, na Rua Vidal Ferreira, próximo à escola; 
- Rua Frederico Weege, com Leopoldo Blaese; 
- Testo Alto, divisa com a Estrada Carolina; 
- Testo Alto, divisa com Carlos Belz; 
- Lombadas da Rua Presidente Costa e Silva; 
- Presidente Costa e Silva, esquina com Morro Strassmann; 
- Final do calçamento da Rua Wunderwald; 
- Rua Otto Behling; na Praça da Rua Vitória; 
- Rua dos Atiradores, esquina com Arnoldo Hass. 

Estas câmeras seriam colocadas através de parcerias público-privadas e, depois da instalação, seria feito um comodato com a Prefeitura, para que ela fosse responsável pela manutenção do equipamento.

A Polícia Militar da cidade teria acesso às imagens, que seriam transmitidas ao vivo para o Pelotão. Assim como a Polícia Civil, para que ambas pudessem atuar na prevenção aos roubos, assaltos, furtos, ou qualquer outro delito, bem como na identificação e prisão dos criminosos. 

O comandante do Pelotão de Pomerode, Tenente Fabio Verdasca de Luca, ressaltou o auxílio que as câmeras representariam para o trabalho da PM, principalmente pelo fato do efetivo sobrecarregado da polícia e da grande extensão territorial que precisa ser abrangida pelas rondas. 

“As câmeras são fundamentais para a questão da segurança no município e serão instaladas em pontos que não são abrangidos pelas câmeras já existentes, em locais estratégicos, com grande passagem de veículos e pessoas. Pomerode tem saída para vários municípios, o que facilitaria as fugas, além das estradas vicinais, que saem pelo interior do município. Então, quem vir para cá irá perceber que a cidade está sendo bem monitorada. Qualquer movimento de entrada ou de saída de veículos e pessoas que cometeram ou apoiaram algum crime estará sendo monitorado e vigiado pela Polícia”, ressaltou. 

Já o presidente da Câmara, Rafael Pfuetzenreiter, destacou que, das reuniões que já foram realizadas, em quatro bairros da cidade, houve adesão completa por parte dos empresários e civis. Ele acrescentou, ainda, que faltam algumas reuniões a serem realizadas, e que, por isso, não há previsão de instalação das câmeras.

Inclusive, se algum morador tiver alguma sugestão de local para instalação, pode entrar em contato com a Câmara, e este terá a viabilidade analisada.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Raphael Carrasco/JP Divulgação
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg