Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Geladeira para a conservação de vacinas está em funcionamento em Pomerode

O aparelho possui bateria e sistema telefônico, para serem acionados em caso de falta de luz ou diminuição da temperatura padrão.

e844fe278f574052c1b58c447d5b0202.jpg Foto: Raphael Carrasco/JP

A Unidade Sanitária Prefeito Alwin Klotz, localizada no centro de Pomerode, está com novidades no escritório da Vigilância Epidemiológica da cidade, que fica dentro do mesmo local. Trata-se de uma geladeira especial para a conservação das doses de vacina que o munícipio recebe e distribui aos outros postos de saúde dos bairros. 

O aparelho mantém a temperatura entre 3,4ºC a 3,5°C, padrão para a conservação das vacinas. Além disso, a geladeira conta com uma bateria que possui duração de 10 horas, caso o local sofra com uma possível queda de energia. O utensílio conta, também, com um sistema de telefonia, no qual, é possível cadastrar mais de cinco números de telefone. As ligações são realizadas caso a bateria ultrapasse a vida útil ou haja alterações na temperatura padrão.

A técnica da Vigilância Epidemiológica, Simone Steffens da Silva, explica que a geladeira é fundamental para o munícipio, já que, a unidade sanitária, serve de depósito de todas as doses de vacina que a cidade recebe.

“Hoje, nossa unidade funciona como um estoque e ponto de distribuição destas doses para os postos de saúde localizados nos bairros de Pomerode. Ainda estamos usando a geladeira antiga para guardar algumas delas, porém, ela não possui bateria que possa assegurar o funcionamento em caso de falta de luz. Agora, temos como comportar um número maior de doses de vacinas, já que o novo aparelho é maior”, explica a técnica.

O utensílio possui 500 litros de capacidade. Com isso, a nova geladeira comporta mais de 10 mil doses de vacinas, além de atender a demanda mensal da unidade.
O aparelho teve um custo de 15 mil reais e foi adquirido no mês de março, via licitação. Após 30 dias, a geladeira já estava pronta para o uso da Unidade de Saúde Alwin Klotz.

Período de vacinação

A campanha de vacinação contra as gripes H1N1, H2N3 e Influenza B (Gripe Comum), vai até o dia 01 de junho. Podem ser imunizados idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Pessoas com doenças crônicas (como o diabetes) e outras condições clínicas especiais também devem receber a vacina. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no posto de saúde. A vacinação é feita nos postos de saúde dos bairros de Pomerode.

Locais de vacinação em nossa cidade

- U.S.F. Rosita Zimmer, Ribeirão Areia;
- U.S.F. Ricardo Jung, Centro;
- Clínica Infantil Dr. John Marcos Kielwagen, Hospital e Maternidade Rio do Testo, Centro;
- U.S.F. Amanda Reinke, Wunderwald;
- U.S.F. Nelson Riemer, Testo Alto;
- U.S.F. Carlos Ramthun, Pomerode Fundos;
- U.S.F. Benedickt Wolleck, Ribeirão Clara;
- U.S.F. Jane Meri Siebert Fernandes, Testo Rega;
- U.S.F. Dr. Horst Wilhelm Bernhardt, Testo Central.



Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg