Jornal de Pomerode


Floresta e Atlético protagonizam jogo inesquecível

Existem jogos que ficarão, para sempre, na memória do torcedor. A partida entre Floresta e Atlético Pomerodense, válida pela 5ª rodada da Copa Pomerode de futebol Adulto Masculino 2017 - Troféu Willy Siewert, será uma delas. Além da rivalidade criada nos últimos anos, os dois finalistas do campeonato do ano passado proporcionaram ao torcedor um confronto aberto, sem retrancas, com diversas nuances, lances polêmicos, viradas e 10 gols.

ca6d1a7e4a2c4efab3dd0a01d83d6602.jpg Foto: Bob Gonçalves / JP

Existem jogos que ficarão, para sempre, na memória do torcedor. A partida entre Floresta e Atlético Pomerodense, válida pela 5ª rodada da Copa Pomerode de futebol Adulto Masculino 2017 - Troféu Willy Siewert, será uma delas. Além da rivalidade criada nos últimos anos, os dois finalistas do campeonato do ano passado proporcionaram ao torcedor um confronto aberto, sem retrancas, com diversas nuances, lances polêmicos, viradas e 10 gols. Até mesmo a chuva foi um ingrediente a mais neste contexto. Ao final, o empate por 5 a 5 deixou ambas as equipes dentro da zona de classificação à segunda fase.

Logo aos dois minutos os visitantes surpreenderam, ao abrir o placar. Em jogada de velocidade pela direita, Anderson cruzou e Kiko completou para o gol. O gol, que poderia abalar o Verdão, no entanto, deu ânimo ao time da casa. Tanto que, logo aos nove minutos, Lima lançou Kleyffer em profundidade, pela direita, que encontrou Milson no meio da área. O atacante completou de canhota e empatou a partida. Um minuto mais tarde, em nova jogada pela meia direita, Kelyffer cruzou para Milson e Vlad fez pênalti. Na cobrança, Lima deslocou o goleiro e virou a partida para o Floresta, que continuava em ritmo alucinante. Aos 13, novamente pela direita, Milson cruzou para Lima, que pegou um sem-pulo, de primeira, e marcou um golaço para os donos da casa.

Neste momento, o time do Atlético sentiu o “baque” e não conseguia articular suas jogadas, embora tentasse partir para o ataque. Porém, quem acabou marcando mais um, aos 26 minutos, foi o Floresta. Thiago ganhou, na velocidade, de Teka, outra vez pela direita, e cruzou para Milson fazer o quarto do time verde.

REAÇÃO - A partir daí, o Azulão de Testo Rega começou a tocar a bola com mais eficiência e conseguiu superar a defesa do Floresta. Aos 31 minutos, em uma triangulação no ataque, Kiko foi à linha de fundo e cruzou. A bola passou entra as mãos de Elton e sobrou para Vini que, de cabeça, empurrou para o fundo da rede. Quatro minutos mais tarde, houve falta na intermediária. Na cobrança, Anderson jogou direto para o gol, Elton não conseguiu segurar e Dejinho, em lance de puro oportunismo, diminuiu ainda mais o placar. Aos 38 minutos, Kiko foi parado por Xitão com falta, dentro da área. Rafael Carioca cobrou a penalidade com perfeição e empatou a partida.

SEGUNDO TEMPO - Na volta do intervalo, como era de se esperar, o ritmo alucinante da primeira etapa diminuiu, uma vez que as equipes passaram a marcar mais no meio de campo, ocupando melhor os espaços. Mas a busca pelo gol continuou. Tanto que aos 24 minutos, num lançamento de Elton, Lima disputou a bola com Alceni, que sobrou para Kleyffer, dentro da área, só deslocar o goleiro Vlad e colocar o Floresta novamente à frente. No entanto, o Atlético foi valente e buscou o empate novamente. Aos 40 minutos, Alceni chutou de “bico” para o gol, Elton deu rebote e o artilheiro Vini aproveitou para empatar, mais uma vez, a partida.

O empate fez com que o Floresta mantivesse a segunda colocação na tabela e garantisse sua classificação à segunda fase, com 10 pontos. Já o Atlético Pomerodense permaneceu na quarta colocação, com seis. Esta condição fez com que o Água Verde não tenha mais chance, uma vez que pode alcançar o Azulão no número de pontos, mas sendo superado no confronto direto.

OUTROS JOGOS - Na outra partida em solo pomerodense, no Estádio Hermann Koch (Testo Central), o Vera Cruz também garantiu, matematicamente, a sua classificação à segunda fase e, de quebra, eliminou as chances do Vitória, ao vencê-lo pelo placar de 2 a 0. Os gols do cruzmaltino foram anotados por Anderson e Bruninho. O Vera permanece na liderança, com 12 pontos. Já o Vitória, figura na vice-lanterna, com um ponto conquistado.

Já em Timbó, no campo da Associação de Moradores do Bairro dos Estados, o Amazonas também deu um passo importante à classificação, ao vencer o Flamengo, pelo placar de 3 a 1. Os gols do time timboense foram anotados por Alan (duas vezes) e Lucas, o que garantiu a terceira posição na tabela, com nove pontos. Pelo lado rubro-negro, Edimilson fez o de honra. Com o resultado, o time permanece na quinta colocação, com quatro pontos, mas mantém as chances de passar à segunda fase.

NÚMEROS - Com os dois gols anotados contra o Floresta, Vini (Atlético Pomerodense) assumiu a liderança isolada na briga pela artilharia da competição, com sete gols. O ataque mais positivo é o do Floresta, com 17 gols marcados, em cinco jogos. Já as defesas menos vazadas pertencem ao Vera Cruz e Amazonas, uma vez que tomaram cinco gols, em quatro jogos. E a equipe mais disciplinada é o Flamengo, com seis cartões amarelos recebidos, também em quatro jogos.
A 6ª rodada da Copa Pomerode de futebol Adulto Masculino 2017 - Troféu Willy Siewert será disputada no próximo domingo, dia 09 de abril, a partir das 15h15min. No único jogo disputado em nossa cidade, no Estádio Arthur Kraemer, em Testo Rega, Atlético Pomerodense e Amazonas protagonizam um confronto chave na busca pela classificação. Mais dois jogos complementam a rodada. Em Rio dos Cedros, no Estádio Ferdinando Lenzi, o Flamengo joga suas últimas fichas diante do líder Vera Cruz. E no Estádio Hugo Koehn, em Jaraguá do Sul, Vitória e Água Verde apenas cumprem tabela. A folga pertence ao Floresta.

 



Veja também:
Galeria de fotos: 2 fotos









Mais vistos

Publicidade

  • b24e1f3813003e2cb3b72b7c37281d09.jpg