Jornal de Pomerode


Floresta a um empate do título

Após alguns dias de chuva intensa, a apreensão tomava conta dos torcedores pomerodenses, que faziam a seguinte pergunta: será que o jogo será adiado novamente? Mas, São Pedro colaborou e a primeira partida final da Copa Pomerode foi realizada normalmente no domingo, dia 04 de junho

baa0d2841622eee25f312653123a9b58.jpg Foto: Victor Peiker / Jornal de Pomerode

Após alguns dias de chuva intensa, a apreensão tomava conta dos torcedores pomerodenses, que faziam a seguinte pergunta: será que o jogo será adiado novamente? Mas, São Pedro colaborou e a primeira partida final da Copa Pomerode de Futebol Adulto Masculino – Troféu Willy Siewert foi realizada normalmente no domingo, dia 04 de junho. Apesar do gramado pesado e bastante prejudicado pelas chuvas, Floresta e Vera Cruz protagonizaram um grande espetáculo. Um público estimado em 1000 pessoas compareceu ao Estádio Hermann Weege, no Centro, colaborando ainda mais para esta grande decisão.
Nos primeiros minutos, a tônica da partida já se desenhava: muita marcação e jogadas pelas laterais, em virtude da condição do meio de campo. O Vera tomava a iniciativa da partida, mas o Floresta se defendia bem, investindo e buscando surpreender em contra-ataques.

Aos 24 minutos, em cobrança de escanteio, o zagueiro e capitão Maranhão subiu mais do que a defesa e, de cabeça, abriu o marcador em favor dos donos da casa. No entanto, não houve tempo para comemorar, pois, no minuto seguinte, em falha de marcação, o cruzmaltino chegou ao empate, por meio de Secco. A partida manteve a mesma configuração até o fim da primeira etapa.

Na volta do intervalo, o Verdão do Centro passou a atacar mais, buscando a vitória e o Vera respondia também com perigo. E numa dessas investidas, aos 26 minutos, os donos da casa chegaram ao gol. Após passe de Serginho, a bola chegou a Lima, que concluiu, para boa defesa do goleiro Eder. No rebote, Kleyffer apareceu sozinho e colocou o Floresta novamente na frente. Houve muita reclamação por um suposto impedimento do atacante, mas o árbitro Leandro Messina Perrone acabou validando o gol.

A partir daí, o Vera Cruz tentou buscar o empate, se lançando ao ataque e teve a oportunidade de balançar as redes, mas o placar manteve-se inalterado até o fim do confronto. 

Com o triunfo, o Floresta reverte a vantagem e jogará pela igualdade no tempo normal, no confronto de volta. Ao Vera Cruz, resta vencer no tempo normal para levar o jogo à prorrogação, para, aí sim, jogar por um empate. Neste caso, o time do Centro precisaria de uma vitória para levantar o caneco. 

A partida decisiva está marcada para o próximo domingo, dia 11 de junho, a partir das 14h45min, no Estádio Hermann Koch, em Testo Central. No entanto, os clubes, em comum acordo, com a homologação da Comissão Organizadora, poderão alterar a datas e o horário da partida.

 

NÚMEROS - Na briga pela artilharia da competição, Vini (Atlético Pomerodense) continua soberano, com nove gols marcados. O ataque mais positivo é o do Floresta, uma vez que balançou as redes 27 vezes, em nove jogos. Já as defesas menos vazadas (artigo 8.5 do regulamento) pertencem a Vera Cruz e Floresta, ambos com 17 gols sofridos, em nove jogos. E a equipe mais disciplinada (artigo 8.7 do regulamento) é o Vera Cruz, com 28 cartões amarelos e dois cartões vermelhos recebidos, também em nove jogos.

 

Para ver mais fotos, CLIQUE AQUI.



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 2 fotos









Mais vistos

Publicidade

  • b24e1f3813003e2cb3b72b7c37281d09.jpg