Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Flohmarkt reúne centenas de pessoas para o consumo sustentável

Cerca de 800 pessoas passaram pelo evento, que foi agraciado com um dia de sol propício para a integração.

eb1a4d521f328befdff35a17d517e559.jpg Foto: Raphael Carrasco/JP

O dia de sol e clima ameno foi o ambiente perfeito para mais uma edição do Flohmarkt, que foi realizada no sábado, 09 de junho, na rua ao lado do Centro Educacional Nossa Senhora de Fátima. Durante toda a manhã, famílias aproveitaram para trocar, vender e comprar produtos usados, já que se trata de um mercado de pulgas.

E o número de expositores do evento retrata o quanto a prática conquista quem a conhece. Em 2018, foram 35 expositores no Flohmarkt, segundo a organização do evento, que levaram DVD’s, eletrônicos, artigos de bebê, bichos de pelúcia, calçados, antiguidades, artigos de cozinha, arte e decoração. A escola aproveitou, ainda, para realizar o próprio bazar, com a venda de uniformes, pastéis, quitutes e bebidas.

Quanto aos visitantes, não é possível ter um número exato de quantos passaram pelo Flohmarkt, mas os organizadores estimam que  eram cerca de 800, entre crianças, jovens e adultos, que vieram prestigiar o mercado de pulgas, aproveitando a grande variedade de artigos sendo vendidos a preços baixos, e, também, a oportunidade de negociar, trocar e socializar.

“O dia de sol certamente foi um fator que levou muitos visitantes para o Flohmarkt. Muitas pessoas já circulavam pelo evento antes mesmo dos estandes estarem montados! O movimento foi constante durante todo o evento e percebia-se, claramente, que as pessoas aproveitaram a visita para um momento de passeio em família, divertindo-se, também, com as diversas apresentações culturais que aconteceram no palco aberto, que estava montado no centro do evento”, destaca Patrícia Buss, uma das organizadoras.

Patrícia, assim como os outros organizadores, afirma que o evento evoluiu em relação a anos anteriores, não só pelo número maior de participantes. “Era perceptível que, tanto os expositores como os visitantes, pareciam já estar habituados com o evento, estruturando-se melhor para vender, ou sabendo o que procurar. Podemos arriscar dizer que este Flohmarkt não perdeu em nada para aqueles que conhecemos da Alemanha. Foi emocionante e gratificante poder observar as próprias crianças usando de sua espontaneidade para oferecer e negociar seus produtos. Um verdadeiro aprendizado de socialização, desapego e sustentabilidade”, pondera a organizadora.

Graças ao sucesso do evento, um segundo Flohmarkt já está planejado em 2018. Para quem se interessa ou já participa do evento, marque no calendário, pois será no dia 15 de setembro. Para a organização, com certeza, será um evento de tanto sucesso quanto o último realizado até o momento.

“Foi um lindo evento, muito dinâmico, que já pode ser considerado consolidado no calendário de eventos da cidade. Ele estimula as pessoas a pensar e praticar a sustentabilidade, a interação social, o contato com a cultura, além de fomentar a aproximação entre escola e comunidade”, finaliza Patrícia. 

 



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Raphael Carrasco/JP
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg