Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Evite furtos no período das férias

As tão aguardadas férias de fim de ano chegaram e muitas famílias aproveitam o recesso para viajar para os mais variados destinos. Porém, é preciso ter cuidado, porque este mesmo período é aproveitado pelos bandidos para invadir casas que estão vazias.

e9b5e809a12cace5ff06048c66ad636e.png Foto: Divulgação

As tão aguardadas férias de fim de ano chegaram e muitas famílias aproveitam o recesso para viajar para os mais variados destinos. Porém, é preciso ter cuidado, porque este mesmo período é aproveitado pelos bandidos para invadir casas que estão vazias. 

Por isso, alguns cuidados simples podem ser tomados a fim de evitar surpresas desagradáveis quando retornar das férias. A Polícia Militar de Pomerode, através do Tenente Fabio Verdasca de Luca, repassou algumas dicas simples para o cuidado com os seus bens que ficarem em casa durante sua viagem. 

- Trancar bem portas e janelas, sem esquecer nenhum local aberto;
- Ter amizade com os seus vizinhos, se possível criar uma rede de apoio mútuo;
- Se possível, fazer uso de alarmes e câmeras de monitoramento;
- Ter o número de contato telefônico do seu vizinho e forneça o seu aos de confiança, para, em caso de emergência, haver o contato;
- Evitar deixar luzes acesas durante o dia, bem como o acúmulo de jornais e revistas. Se possível, modificar o local de recebimento ou então pedir a um vizinho ou amigo recolher;
- Evitar comentar com os estranhos ou expor demais em sites de relacionamento sobre a viagem que está sendo feita;
- Não contratar pessoas para cuidar da casa que não tenham referências e também não deixar que vendedores ambulantes entrem na casa;
- Quem perceber qualquer movimentação estranha nas proximidades, acionar imediatamente o 190;

O comandante do Pelotão de Pomerode, Tenente de Luca, reforça que o principal é não deixar o aspecto de abandono na casa. “Com estas dicas simples, ficará menos evidente que a casa está vazia. Deixar a luz de casa direto acaba causando estranheza e deixa visível que não há ninguém em casa. Cadeados também, se possível, não deixá-los visíveis. Informar apenas pessoas de confiança que não estará em casa. Se pedir a algum conhecido para entrar na casa algumas vezes, pedir a pessoa se pode ficar uma ou meia hora, para parecer que há alguém na casa. Pedir para que alguém que cuide da casa para roçar a grama, por exemplo, para não deixar o aspecto de abandono. Todos estes cuidados podem evitar que a casa seja alvo de furtos”, recomenda. 

Ele também ressalta a importância da Rede de Vizinhos nestas épocas. “A Rede de Vizinhos, para quem já aderiu, facilita a comunicação. Como é uma rede de colaboração mútua, haverá várias pessoas que estarão atentas às movimentações estranhas, aumentando a segurança”, afirma o Tenente.

Além destes cuidados para se evitar a ação de ladrões, cuidados com a parte elétrica e com o gás de cozinha da casa, também são importantes para a manutenção da segurança de todos. 

Apagar as luzes é um dos pontos principais, para que não aconteçam curtos-circuitos no sistema. Se possível, uma boa ideia é instalar um sensor de escuro, que acende as luzes automaticamente quando começa a anoitecer, especialmente as do quintal. 

Também é indicado fechar o registro de água, luz e gás, e esvaziar a geladeira, pois em uma queda de energia, alimentos podem apodrecer e deixar mau cheiro pela casa. É bom não esquecer de desligar todos os aparelhos elétricos das tomadas. Lembrando: ao sair de casa para viajar, desligar sempre o botijão de gás.

Na volta para casa após as férias, se sentir cheiro de gás num ambiente, cuidado! Não acenda ou apague luzes, não risque fósforos, abra imediatamente portas e janelas para arejar.

Se estas dicas forem aplicadas, a viagem será, com certeza, muito mais tranquila e sem nenhuma surpresa indesejada na volta. 



Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg