Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Estreias de filmes e séries para deixar seu 2019 mais legal

Programe-se para as estreias de grandes filmes que serão lançados em 2019

bcb4e7321ad903a14014fe1ec65096f1.jpg Foto: Divulgação

O ano virou e com o novo calendário você já pode começar a organizar sua vida para tirar aquela viagem do papel ou mudar o esquema de trabalho. Mas lembre-se de reservar um espacinho aí na agenda para as 22 estreias de filmes e séries em 2019 que a gente selecionou.

Afinal, seu tempo livre também pode incluir boas doses de ação, comédia, aventura e…um bocado de drama, que com sorte, pode ficar só na ficção mesmo!
As apostas estão altas neste ano, especialmente para quem curte filmes e séries de super-heróis. No cinema estão as aguardadas estreias de “Vingadores: O Ultimato”, “Mulher Maravilha 2”, “Capitã Marvel”, “Homem-Aranha: Longe de casa, X-Men – A Fênix Negra”, “Os Novos Mutantes”, “Hellboy, Shazam!” e “Coringa”, dessa vez com o ator Joaquin Phoenix no papel principal. Os seriados “The Arrow”, “Gotham”, “Supergirl” e “DC’s Legend of Tomorrow” no Warner Channel, além de “Jessica Jones” e “Justiceiro” na Netflix.

Nas produções made in Brasil, teremos alguns lançamentos biográficos ou que seguem fatos reais, com os filmes “Minha Fama de Mau”, sobre Erasmo Carlos; Pedro, que retrata detalhes íntimos da vida de D. Pedro I; o documentário Fevereiros, que destaca a trajetória de Maria Bethânia; e, talvez, “Marighella – O Filme”, que será o trabalho de estreia de Wagner Moura na direção. Os devoradores de séries podem se preparar para sequências de “Game of Thrones”, “Stranger Things”, “Riverdale”, “The Big Bang Theory”, “La Casa de Papel”, “Lucifer”, “Billions”, “PSi”, “Brooklyn Nine-Nine”. Entre as novidades, até mesmo o rapper Drake vai apostar suas fichas no ramo, atuando como produtor da série “Euphoria”, um drama adolescente. Outro músico que se joga na empreitada é o líder da banda My Chemical Romance, Gerard Way, que assina a HQ e a série “The Umbrella Academy”, da Netflix, sobre uma família de super-heróis. Já a Amazon investe da adaptação da obra “Good Omens”, de Neil Gaiman e Terry Pratchett, na qual um demônio e um anjo se unem para evitar o apocalipse.

1. ‘Vice’ - (estreia dia 31 de janeiro no Brasil)
A dupla Christian Bale e Amy Adams volta a atuar junto após o filme “Trapaça” (2013), que levou uma porção de prêmios para casa. Dessa vez, Bale aparece novamente irreconhecível na pele de Dick Cheney, ex-vice presidente da era de George W. Bush (2001-2009) e um dos maiores defensores da guerra no Iraque, num filme biográfico carregado de sarcasmo. O genial ator levou um Globo de Ouro no início do ano pelo papel e ironicamente agradeceu a Satanás pela inspiração para interpretar o político. Definitivamente um filme imperdível para o ano que chega!

2. ‘Se a Rua Beale Falasse’ - (estreia dia 24 de janeiro no Brasil)
Olha o diretor de “Moonlight” aí de novo! O premiado Barry Jenkins segue os passos do sucesso anterior com temática sensível e elenco 100% negro, colocando em pautas questões raciais. A história de injustiças com veias no racismo estrutural, baseada no livro homônimo de James Baldwin, se passa no bairro novaiorquino de Harlem em meados de 1970, onde vive um casal periférico prestes a ter um bebê. Porém, o pai da criança é preso na rua sob acusação de estupro de um policial racista, tendo então que provar sua inocência. Dizem que essa obra, junto a “Moonlight” e “Remédio para Melancolia”, formam uma trilogia sob o olhar de Jenkins.

3. ‘A Esposa’ - (estreia 10 de janeiro no Brasil)
Protagonizado por Glenn Close, que recebeu o Globo de Ouro de Melhor Atriz pelo papel, A Esposa se baseia no livro de Meg Wolitzer, narrando a história de uma grande mulher que viveu às sombras de um homem enaltecido por seu talento. A cena típica do legado patriarcal mostra a escritora Joan, que abriu mão do ofício apaixonado para se dedicar ao marido Joe. Com trechos entre passado e presente, o enredo começa a partir do momento em que ele é premiado com o Nobel da Literatura, levando o casal até Estocolmo. É lá que surgem conflitos entre os dois, a partir do momento em que Joan começa a refletir e a colocar em cheque o quanto ela abriu mão de seus próprios sonhos.

4. ‘Green Book – O Guia’ 
(estreia dia 24 de janeiro no Brasil)
“Green Book” é mais um longa premiado no Globo de Ouro, como melhor comédia ou musical, roteiro e ator coadjuvante, no caso, Mahershala Ali, que interpreta Don Shirley, pianista conceituado que contrata o motorista Tony Lip (Viggo Mortensen) assim que entra em turnê no Estados Unidos. Baseada em fatos reais, a história se passa em 1960, pontuando uma inversão de papéis, na qual um homem branco racista e conservador se vê como subordinado a um homem negro bem sucedido. A jornada é leve, divertida e cheia de lições sobre tolerância e amizade.

5. ‘Era Uma Vez em Hollywood’ - (estreia prevista para o dia 15 de agosto no Brasil)
O nono filme de Quentin Tarantino seria, em teoria, o penúltimo de sua carreira, visto que o próprio declarou que iria fazer apenas 10 filmes. A história se passa no verão de 1969, quando ao mesmo tempo em que o movimento hippie estava no auge em Los Angeles, o psicopata Charlie Manson cometeu uma série de assassinatos, incluindo o da atriz Sharon Tate, que estava grávida de 8 meses. Na trama, ela é vizinha de antigo astro de TV que se vê um tanto deslocado na “Cidade dos Anjos”. O elenco conta com Margot Robbie, Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Kurt Russell.

6. ‘A Favorita’ - (estreia dia 24 de janeiro no Brasil)
Regado com humor ácido e rivalidade feminina, “A Favorita” se passa no início do século 18, mais precisamente nas dependências da frágil rainha Anne, papel que deu à Olivia Colman o Globo de Ouro de melhor atriz de comédia ou musical. A seu lado está Lady Sarah, tida como “a favorita” entre todas as pessoas que cercam a monarca, uma figura vista como conselheira, bem típica da época. No meio da relação manipuladora entra em cena Abigail, prima de Sarah, para disputar o cargo dentro da realeza. Indo além do figurino distinto e da temática tipicamente pomposa da corte, o longa de Yorgos Lanthimos tem tudo para ser meio bufão, mas no fundo revela a perversidade da ambição, uma disputa de poder e influência disfarçada de veneração e lealdade.

7. ‘Vingadores: O Ultimato’ - (estreia dia 25 de abril no Brasil)
Quer super-herói? Então segura, porque terão muitas estreias do gênero em 2019! Entre elas está o aguardado “Vingadores: O Ultimato”, o quarto filme da equipe da Marvel. Como o último da série, “Guerra Infinita”, não terminou bem para os heróis, fica a pergunta no ar de qual será o rumo da história a partir de então. Será que o Capitão América vai morrer para salvar o Homem de Ferro? O que Thanos fará agora? Onde está Shuri? São muitas as perguntas. O trailer já bateu recorde de visualizações desde que foi lançado.

08. ‘O Rei Leão’ - (estreia dia 18 de julho no Brasil)
Quem chorou assistindo “O Rei Leão” terá a chance de se debulhar em lágrimas novamente com o live-action desenvolvido pela Disney. Apesar de seguir a mesma história do clássico e ter cenas idênticas a animação, o filme vem com a promessa de trazer novidades além do campo visual aos fãs. Pelo menos é o que garante a equipe! O elenco de dubladores conta com nomes de peso do cinema e da música norte americana: Donald Glover, Seth Rogen, James Earl-Jones e Beyoncé Knowles.

9. ‘Turma da Mônica – Laços’ - (estreia dia 27 de junho no Brasil)
A história “Laços”, graphic novel criada pelos irmãos Vitor e Lu Caffagi, trará para as telonas o primeiro live-action da Turma da Mônica, dirigido por Daniel Rezende, o mesmo que assina Bingo, o Rei das Manhãs. O roteiro se desenvolve a partir do sumiço de Floquinho, o cão de Cebolinha, que obviamente traça um plano infalível para resgatá-lo junto com seus amigos Mônica, Magali e Cascão. Por se passar nos anos 1980, contará com inspirações em clássicos. 



Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg