Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Em prol de uma cidade

Voluntárias do Grupo Amor Perfeito Bordados, da Meuc de Pomerode, preparam casquinhas para a Alameda das Osterbäume

3186f90c10ecaa83c47e723f7fef928c.jpg Foto: Isadora Brehmer/JP

Centenas de pessoas estão envolvidas nos preparativos para a 10ª Osterfest. Muitas destas pessoas estão exercendo um trabalho voluntário, simplesmente para ajudar a deixar a cidade mais bonita para o período de realização da festa. 

É o caso das integrantes do Grupo Amor Perfeito Bordados, da Missão Evangélica de União Cristã de Pomerode (Meuc). Em 2017, uma artesã sugeriu que elas participassem dessa preparação e decorassem uma Osterbaum. O grupo procurou, então, a Secretaria de Turismo, que forneceu as casquinhas para que elas decorassem. 

“Cada uma das voluntárias pôde, então, pegar uma quantidade de casquinhas e decorar à sua maneira, com os materiais que quisesse. Começamos nesta semana e tudo está correndo bem. Devemos ter cerca de 300 casquinhas prontas”, explicou Rosana Wendt, uma das coordenadoras do grupo.

Na quinta-feira, 15 de fevereiro, foi o primeiro encontro do grupo após as férias, mas muitas das voluntárias já tinham algumas casquinhas prontas e somente continuaram o trabalho. 

As casquinhas foram confeccionadas com os mais diversos materiais, como, por exemplo, crochê, pintura, fitas e tecidos. Segundo o grupo, cada uma ficou liberada para usar a sua criatividade para decorar as casquinhas. Quando finalizadas, elas serão colocadas em uma Osterbaum na Alameda das Osterbäume. A montagem da árvore deve ser feita entre os dias 23 e 26 de fevereiro. 

De acordo com o grupo, é uma satisfação poder ajudar a deixar a cidade mais bonita para a Osterfest, além de estarem fazendo algo que gostam. Muitas das voluntárias já decoravam casquinhas de ovos para a Páscoa como tradição familiar, então, foi unir o útil ao agradável. Elas também elencam que se sentem honradas em poder ajudar por causa do significado que estas pequenas casquinhas têm. 

O Grupo Amor Perfeito Bordados já existe há 17 anos e, hoje, conta com cerca de 20 voluntárias. Elas sempre se reúnem às quintas-feiras, na mesma sala, nas dependências da sede da Meuc. Todas as participantes afirmam que a melhor parte é estarem aproveitando este tempo juntas.

Para as integrantes do grupo, o melhor é poder ter a companhia umas das outras, além dos momentos de conversa e da amizade desenvolvida ao longo do tempo. “É uma terapia para todas nós, tanto que nas férias até sentimos saudades dos encontros. São momentos de compartilhar conhecimento e de se divertir”, ressalta Nilza Hoffmann, também coordenadora.

 



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: Isadora Brehmer/JP Isadora Brehmer/JP Isadora Brehmer/JP
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg