Jornal de Pomerode


Em prol da cultura

A pedido do presidente da Associação dos Grupos Folclóricos de Pomerode, André Siewert, os vereadores Ademar Marquardt, Deoclides Correa, Jean Nicoletto e Marcos Dallmann participaram de uma reunião, na quarta-feira, 05 de abril, na Sala de Reuniões da Prefeitura Municipal. Participaram, juntamente, o prefeito Ércio Kriek, a vice-prefeita Gladys Sievert, a presidente da Fundação Cultural de Pomerode, Darli Bahr, e membros do Grupo.

8da3f57a46858e10efaeeeb9459a2ea8.JPG Foto: Divulgação

A pedido do presidente da Associação dos Grupos Folclóricos de Pomerode, André Siewert, os vereadores Ademar Marquardt, Deoclides Correa, Jean Nicoletto e Marcos Dallmann participaram de uma reunião, na quarta-feira, 05 de abril, na Sala de Reuniões da Prefeitura Municipal. Participaram, juntamente, o prefeito Ércio Kriek, a vice-prefeita Gladys Sievert, a presidente da Fundação Cultural de Pomerode, Darli Bahr, e membros do Grupo. 

O objetivo foi alinhar, junto ao Poder Público, o resgate da valorização cultural e financeira dos Grupos Folclóricos da cidade. André Siewert colocou a importância que os investimentos recebidos tem para a manutenção dos trajes, translado, alimentação e que devem ser revistos e atualizados periodicamente. Salientou a importância do resgate das tradições e de buscar os jovens a participar da cultura alemã, por meio das danças típicas.

 A presidente da Associação Cultural frisou a necessidade de uma maior comunicação entre ambas as partes. O vice-presidente da Câmara de Vereadores, Ademar Marquardt, acrescentou que a Festa  Pomerana melhorou muito em virtude do maior controle com gastos e investimentos, mas que é necessária uma análise para que as entidades que participam não se sintam desvalorizadas. Deoclides Correa também reforçou a necessidade de mais conversas para que ambos cheguem a um consenso satisfatório.

 “Como este é o primeiro ano de mandato, acho importante fazermos uma avaliação com os diversos setores envolvidos e vermos no que podemos melhorar. Temos previsão no orçamento, só precisamos analisar como faremos, em função da nova Lei 13.019. O procurador do Município está analisando todas as possibilidades”, esclareceu o prefeito. O objetivo da Lei é de dar maior segurança e transparência às parcerias celebradas entre a Administração Pública e as entidades do terceiro setor.

 A vice-prefeita Gladys colocou a necessidade de “provocar uma reflexão séria sobre a Festa Pomerana. Após um período de seu surgimento, o evento teve um declínio, sendo gerida por um grupo de pessoas preocupadas unicamente em ganhar dinheiro. Com o tempo foi reerguida, onde todos os organizadores tiveram o propósito principal de fazer com que a festa fizesse um resgate e divulgasse as nossas tradições culturais. Nas festas seguintes, o objetivo foi resgatado, que é o de mostrar para o visitante o que Pomerode tem de bom e trazer o pomerodense para participar. Fico preocupada, pois novamente o objetivo da Festa Pomerana está se perdendo. Precisamos valorizar o que temos de bom em nossa cidade e sem os Grupos Folclóricos, Corais, Clubes de Caça e Tiro, assim como tantas outras entidades importantes, a festa não aconteceria. Uma reflexão precisa ser feita sobre o que nós queremos para a nossa Pomerode”, concluiu.

 Ao final da reunião, ficou definido que a Prefeitura, Fundação Cultural e Associação Visite Pomerode (Avip), irão estudar como aumentar e melhorar o incentivo aos Grupos Folclóricos. Tanto nos eventos, como em estrutura para ensaios e manutenção dos mesmos.



Veja também:
Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg