Jornal de Pomerode


Edições do Varal Literário são lançadas

O projeto é desenvolvido pela Secretaria de Educação e Formação Empreendedora, em parceria com a Biblioteca Pública de Pomerode, e objetiva estimular a escrita, a leitura, a criatividade e o senso crítico.

1fae080c3a219cbcdac3b7a99c05cdc1.jpg Foto: Isadora Brehmer/JP

Na quinta-feira, 30 de novembro, às 15h, na Câmara Municipal de Pomerode, foram lançadas as edições de 2015, 2016 e 2017 do Varal Literário, que reúne produções de textos dos alunos das escolas de Pomerode. 

Na cerimônia, estiveram presentes alunos, professores, representantes da escola e pais, além de autoridades, como a secretária de Educação e Formação Empreendedora, Neuzi Schotten, os vereadores Rafael Pfuetzenreiter e Deoclides Correa, escritores da Câmara Literária de Pomerode (Clip), e o gerente de cultura, Alceu Constanth. 

A 12ª edição, referente ao ano de 2015, reuniu produções de textos e poesias. Já a edição seguinte, de número 13, reuniu apenas poesias produzidas pelos estudantes. A última, de 2017, trouxe duas novidades. A primeira, é ter sido produzido em formato de e-book, para o meio digital, cujo link está disponível no site da Prefeitura. Além disso, a edição abordou o tema narrativa de imagem fotográfica. 

Cada escola recebeu três exemplares de cada edição impressa. A Clip, a Câmara de Vereadores e a biblioteca pública também foram agraciados com exemplares. Ainda, durante o lançamento, houve leitura de textos, poesia, e uma apresentação teatral intitulada “As memórias de Emília”. 

O projeto Varal Literário é desenvolvido pela Secretaria de Educação e Formação Empreendedora desde 2004, em parceria com a Biblioteca Pública de Pomerode, e tem como objetivo estimular a escrita, a leitura, a criatividade e o senso crítico. 

A secretária Neuzi ressaltou a importância do projeto para a valorização da produção dos estudantes. “O Varal Literário é importante para fortalecer e preservar a cultura escolar do município, pois é uma produção que ficará registrada. E o e-book vem como uma novidade que visa se adequar às novas tecnologias. Mas o principal é socializar a produção escrita, somado ao objetivo de incentivar a escrita, leitura, senso crítico e criatividade. Por isso, fica aqui os meus parabéns a todos que participaram”, declara.

O presidente da Câmara de Vereadores, Rafael Pfuetzenreiter, também deixou sua mensagem de apoio ao Varal Literário. “A Câmara se sente honrada em apoiar estas iniciativas, porque promovem a educação. A leitura e a escrita são muito importantes para a formação das pessoas como profissionais. Ler é bom para o futuro e devemos ler sempre cada vez mais”, disse o presidente da Câmara.

Com os textos que estão presentes nas edições impressas, o varal literrário ficará exposto na Câmara de Vereadores até o dia 13 de dezembro. 



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Isadora Brehmer/JP Isadora Brehmer/JP









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg