Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Doar sangue é doar vida

No final do ano, estoques de sangue do Hemosc diminuem, por isso é importante realizar doações. Em Pomerode, a população já praticou inúmeros gestos de solidariedade para com pessoas que necessitam e, mais uma vez, essa generosidade pode ser colocada em prática.

701d09770819c8e88574cef1ffe06c46.jpg Foto: Divulgação

Em Pomerode, a população já praticou inúmeros gestos de solidariedade para com pessoas que necessitam e, mais uma vez, essa generosidade pode ser colocada em prática. 

Um deles foi com a menina Manuella Sophia Glau, que sofria de leucemia e precisava constantemente de doações de sangue. Semelhante à esta história é o caso do menino Arthur Inácio Mateus, da cidade de Camboriú, que também foi diagnosticado com leucemia, no dia 22 de agosto de 2017.

Desde lá, ele foi internado no mesmo hospital que a Manu, o Santo Antônio, em Blumenau, e iniciou o tratamento com quimioterapia. Ele também precisa de doações de sangue e de medula óssea. 

Porém, principalmente nesta época do ano, estoques do Hemosc ficam baixos, porque a demanda aumenta consideravelmente. Por isso, é importante fazer uma boa ação e doar sangue. Este simples gesto pode salvar a vida de uma pessoa, ou então, ajudar na recuperação de guerreiros como o Arthur. 

Os tipos de sangue que mais são necessário são o A- e o O-, mas pessoas com qualquer tipo de sangue são sempre bem-vindas. 

Quem doa sangue, pode também fazer o teste de medula óssea e, quem sabe, ser compatível com alguém que necessite e, assim, salvar a sua vida. 

Hemosc da região:

- Blumenau (47) 3322-9800 
Rua Teodoro Holtrup, 40 - Vila Nova
- Florianópolis (48) 3251-9700
Av. Othon Gama D’Eça, 756 - Centro
- Chapecó (49) 3700-6400
Rua São Leopoldo, 391 - Esplanada
- Criciúma (48) 3444-7400 
Av. Centenário, 1700 - Santa Bárbara



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg