Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Doações de órgãos registra recordes em Santa Catarina

O estado, que é referência em transplantes, teve um resultado otimista, com mais de 280 órgãos doados em 2017, número que bate recordes.

53eea63e1e251f077eb678b2bb28a053.JPG Foto: Letícia Venera/Hospital Santa Isabel

Santa Catarina registrou taxa recorde em doações de órgãos no ano passado. Foram 282 doadores de múltiplos órgãos, três vezes mais que a média brasileira comparando ao número de habitantes.

De acordo com a Central de Transplantes de Santa Catarina, os são frutos de treinamentos e o trabalho dos mais de 600 profissionais que trabalham na área de doação e nos procedimentos cirúrgicos

O dado positivo não aumentou o número de transplantes, porém continua sendo um passo importante na luta para salvar vidas. A fila de espera por um órgão é nacional. Em 2017, 1217 pessoas foram chamadas para a realização um transplante.

Em Santa Catarina eram 559 pacientes na fila de espera por um transplante no ano passado.



Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg