Jornal de Pomerode

Edição Impressa



int(65198)

Diversão aliada ao ato de fazer o bem

Aulão de zumba será realizado também em prol do Peal, que sofre com dificuldades financeiras. Uma pastelada também está sendo promovida pela entidade, no dia 10 de março.

8515c9cc21a9456ad5194d3ee3ab6d27.jpg Foto: Divulgação

O Programa Espaço Alternativo (Peal) de Pomerode, como já noticiado pelo Jornal de Pomerode, enfrenta dificuldades financeiras, já que, desde 2017, não recebe mais recursos do Fundo para Infância e Adolescência (FIA), inclusive, correndo o risco de encerrar as suas atividades em um dos turnos por falta de recursos. 

A fim de arrecadar fundos para a manutenção das atividades, a entidade irá promover um aulão de zumba no dia 14 de março, às 19h, no ginásio da Escola Básica Municipal Olavo Bilac. Para participar, basta ir até o local e fazer uma contribuição espontânea, que será diretamente revertida ao Peal. 

Segundo a coordenação da entidade, a iniciativa é da professora de zumba Ângela Cristina Ewald Kreitlow, integrante do Núcleo de Academias e Estudios de Pomerode (Neap). “A ideia surgiu do amor e do desejo dela de contribuir para a formação de crianças que possam fazer a diferença em nossa sociedade e, também, devido ao conhecimento da nossa situação financeira atual, já que estamos com sérias dificuldades para atender alunos nos dois turnos”, conta Beatriz Krueger, professora do Peal.

O aulão é aberto a pessoas de qualquer idade, basta ter disposição para “zumbar” e contribuir com algum valor para a formação das crianças. “Deste modo, as crianças têm a oportunidade de frequentar o Peal, onde permanecem longe dos perigos das ruas, como drogas e criminalidade, enquanto os pais trabalham. A criança na qual investimos hoje, terá uma nova perspectiva para o futuro”, afirma Beatriz, sobre a importância do trabalho do Peal.

Hoje, o Peal atende 48 crianças no total, entre seis e 11 anos, divididas em dois turnos. Estas crianças vêm participar de atividades no contraturno escolar, visando impedir que elas fiquem com tempo ocioso e possam usar esse tempo de uma maneira ruim. Além disso, algumas das crianças têm famílias carentes, que sequer conseguem ajudar nas tarefas escolares, deixando para executá-las no Peal.

Além de aulas de reforço da grade curricular da escola, o local oferece atividades diferenciadas, como musicalização, culinária, entre outras. Crianças de todas os bairros do município podem participar do Peal.

Pastelada  

Ainda em prol da entidade, será promovida uma pastelada, no dia 10 de março, das 10h às 20h, na Capela Santo Antônio, em Testo Central.

 



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg