Jornal de Pomerode


De volta

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, na segunda-feira, dia 25, a volta de Vadão ao comando da Seleção Brasileira Feminina. Ele reassume o selecionado dez meses após deixar a equipe nacional, em novembro do ano passado.

36a25f514ce08c3ee50e4479ba614e09.jpg Foto: Fifa / Getty Images

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, na segunda-feira, dia 25, a volta de Vadão ao comando da Seleção Brasileira Feminina. Ele reassume o selecionado dez meses após deixar a equipe nacional, em novembro do ano passado. A ex-treinadora, Emily Lima, foi demitida na sexta-feira, dia 22, após duas derrotas em amistosos contra a Austrália, fora de casa. A CBF não revelou detalhes sobre a demissão, que foi muito criticada por torcedores nas redes sociais. “A Confederação Brasileira de Futebol anuncia Oswaldo Alvarez, o Vadão, como técnico da Seleção Brasileira Feminina. Após reunião com o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, o treinador aceitou o convite para retorno ao comando da equipe nacional. Vadão volta ao cargo após dez meses e inicia os planos de trabalho para a equipe”, anunciou a entidade, em nota oficial.



Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg