Jornal de Pomerode - Corpus-christi-a-celebracao-do-amor-de-cristo-65740 
Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Corpus Christi: a celebração do amor de Cristo

Tapetes e procissão junto ao Santíssimo Sacramento devem marcar a data em Pomerode.

8119fc9ca6a089c538a51b4f027d29ce.JPG Foto: Divulgação

*Notícia atualizada às 08h24min do dia 29 de maio. 

Nessa semana, mais especificamente na quinta-feira, 31 de maio, a Igreja Católica tem uma de suas mais importantes celebrações: o Corpus Christi, que também é uma data de feriado nacional.

Segundo a Igreja Católica, Corpus Christi significa Corpo de Cristo. É uma festa religiosa da Igreja Católica que tem por objetivo celebrar o mistério da Eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. Acontece sempre 60 dias depois do domingo de Páscoa ou na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à quinta-feira santa, quando Jesus instituiu o sacramento da Eucaristia. 

A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. O Primeiro Testamento diz que o povo peregrino foi alimentado com maná, no deserto. Com a instituição da Eucaristia o povo é alimentado com o próprio Corpo de Cristo.

A celebração do Corpus Christi teve a sua origem no século 13, mais precisamente em 1243, em Liège, na Bélgica, quando a freira Juliana do Cornillon teria tido visões de Cristo demonstrando-lhe desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque. Em 1264, o papa Urbano IV consagrou a festa para toda a igreja.

A celebração de Corpus Christi consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento. A tradição católica também tem o costume de enfeitar as ruas com grandes tapetes coloridos que formam desenhos fazendo alusão a Cristo, do pão e do cálice. Os desenhos utilizados são variados, mas enfocam principalmente o tema eucaristia. A festa do Corpus Christi é conduzida geralmente pelo bispo, ou pelo pároco da igreja, O Santíssimo Sacramento é acompanhado por multidões de fiéis nas cidades brasileiras.

A tradição do tapete surgiu em Portugal e veio para o Brasil com os colonizadores. Os desenhos utilizados são variados, mas enfocam, principalmente o tema da Eucaristia. As ruas são enfeitadas para a passagem da procissão com o Santíssimo Sacramento.

Os tapetes são confeccionados pelas pessoas das comunidades que compõe a paróquia, envolvendo pastorais e movimentos, tudo é realizado com amor, alegria e gratidão a Cristo Eucarístico.

São utilizados diversos tipos de materiais, como serragem colorida, borra de café, farinha, areia, flores, papel colorido, objetos pequenos como tampas de garrafas e pedrinhas, entre outros. Todos estes objetos formam figuras religiosas que ilustram os acontecimentos dessa data com muita cor e beleza. Eles começam a ser feitos dias antes da data. Pessoas voluntárias passam horas preparando todo o material para demonstrarem sua fé e dedicação ao Senhor.

Na Paróquia São Ludgero, em Pomerode, o ritual de preparação, em 2017, teve início às 07h. A missa foi realizada às 09h, e em seguida aconteceu a procissão. Neste ano, a programação deve ser a mesma.

Várias pessoas, de maneira voluntária, participam da confecção dos tapetes no Corpus Christi. O convite é externado à toda a comunidade. Não há uma metragem estipulada. Na paróquia é feita uma reunião com as lideranças e juntamente com o padre é decidido o trajeto a ser percorrido.

Segundo o pároco à frente da Paróquia São Ludgero, Padre Almir Neugherbon, o Corpus Christi é o momento de celebrar o sacramento da Eucaristia. “Esta festa do Corpus Christi diz para todos nós, católicos, que Jesus nos comunica seu amor e se entrega a nós e mostra que está presente ao nosso lado. Se faz alimento para nos dar força para continuar sua missão. A força da Eucaristia nos ajuda a sermos renovados, iluminados e encarnados como fermento nas realidades e nas situações de nossas comunidades. A Eucaristia nos conduz ao caminho da Unidade, nos impulsiona a sentir e amar a Igreja”, ressalta.

As celebrações acontecem nas comunidades católicas espalhadas pelo país na próxima quinta-feira, 31 de maio. O trajeto da procissão, em Pomerode, começa na rua 15 de novembro, segue pela rua Hermann Schwanke e retorna pela Av. 21 de Janeiro, sendo encerrada na Igreja Católica. 

 



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg