Jornal de Pomerode


Cinco ministros votam a favor do afastamento de Cunha

Os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal votaram a favor da decisão

Os ministros Edson Fachin, Lu&iacute;s Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal votaram a favor da decis&atilde;o que determinou a suspens&atilde;o do mandato do deputado federal Eduardo Cunha e o afastamento dele da presid&ecirc;ncia da Casa. Eles acompanharam a manifesta&ccedil;&atilde;o do relator, Teori Zavascki. O placar da vota&ccedil;&atilde;o est&aacute; em quatro votos pela manuten&ccedil;&atilde;o da decis&atilde;o.</p> <p>&nbsp;</p> <p>Mais cedo, o ministro Teori Zavascki determinou a suspens&atilde;o do mandato de Eduardo Cunha e o afastamento da presid&ecirc;ncia da C&acirc;mara. O ministro atendeu a um pedido liminar do procurador-geral da Rep&uacute;blica, Rodrigo Janot.</p> <p>&nbsp;</p> <p>Na decis&atilde;o, Zavascki diz que, diante da den&uacute;ncia apresentada por Janot, Cunha n&atilde;o tem condi&ccedil;&otilde;es de ocupar o cargo de presidente da C&acirc;mara e nem substituir o presidente da Rep&uacute;blica. De acordo com a Constitui&ccedil;&atilde;o, com aus&ecirc;ncia do presidente e do vice-presidente do pa&iacute;s, o presidente da C&acirc;mara &eacute; quem ocupa a Presid&ecirc;ncia da Rep&uacute;blica.</p> <p>&nbsp;</p> <p><em>Fonte: Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p>


Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • f782967c3aaf9debcc3e55baaade247c.jpg