Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Catarinense chega ao momento derradeiro

No fim de semana, a 1ª fase do Campeonato Catarinense 2018 teve seu encerramento. Como Chapecoense e Figueirense já estavam garantidos na grande final, a rodada serviu para rebaixar o Inter de Lages, que fará companhia ao Concórdia no Catarinense Série B em 2019.

0952b813e212b4d9432fd26908eb275e.jpg Foto: -Avaí e Chapecoense ficaram no empate, por 2 a 2Frederico Tadeu

No fim de semana, a 1ª fase do Campeonato Catarinense 2018 teve seu encerramento. Como Chapecoense e Figueirense já estavam garantidos na grande final, a rodada serviu para rebaixar o Inter de Lages, que fará companhia ao Concórdia no Catarinense Série B em 2019. Isso porque o empate em 1 a 1, no Estádio Augusto Bauer, diante do Brusque, manteve o time na nona colocação e decretou a queda do Colorado do Planalto Serrano. O Inter até saiu na frente com Rafhael Lucas, cobrando pênalti, aos 20 minutos do 2º tempo. Mas quatro minutos mais tarde, Rafinha deixou tudo igual e deu números finais ao placar.

A 18ª rodada, no entanto, começou no sábado, dia 31, em Concórdia. Jogando no Estádio Domingos Machado de Lima, o Figueirense goleou o Concórdia por 3 a 0, que encerra a sua participação na “lanterna”, com 13 pontos. Os gols do vice-líder foram marcados por Cedrón (duas vezes) e Henan, e o time chegou aos 36 pontos.

O domingo, dia 01 de abril, teve mais três partidas. Numa delas, o Criciúma derrotou o Hercílio Luz por 1 a 0, gol de Sandro Silva, deixando o Tigre na quarta colocação, com 26 pontos. Já o Hercílio Luz terminou no oitavo posto, com 17.

Em Tubarão, no Estádio Domingos Silveira Gonzáles, o time da casa goleou o Joinville, por 3 a 0, resultado que garantiu o clube na terceira colocação na classificação do Catarinense, com 26 pontos. Já o time do Norte do Estado terminou com 24, em quinto. Os gols da vitória do Peixe foram marcados por David Batista, Nikolas Farias e Daniel Costa.

E no último confronto da 1ª fase, o Avaí recebeu, na Ressacada, a já classificada Chapecoense. E os donos da casa abriram o placar com Getúlio, aos 11 minutos do 1º tempo, com Douglas Silva empatando ainda na etapa inicial. Na volta do intervalo, Beltrám colocou o Avaí novamente em vantagem, mas Vinícius deixou tudo igual e fechou o placar em 2 a 2. A Chape foi a melhor equipe da 1ª fase, com 41 pontos. Já o Leão terminou o Catarinense em sexto, somando 24.

Chapecoense e Figueirense decidirão o título do Estadual, em jogo único, no próximo domingo, dia 08 de abril, às 16 horas, na Arena Condá (Chapecó). Em caso de empate, a partida será definida nas penalidades máximas.

 

EVENTOS - Pela primeira vez na história do futebol catarinense, será realizado um evento reunindo, no mesmo local e horário, os presidentes e treinadores dos dois clubes finalistas do certame estadual.

A entrevista coletiva da Grande Final do Estadual 2018 será realizada nesta quarta-feira, dia 04 de abril, às 17h, no Espaço Cultural do Angeloni Capoeiras, e reunirá os presidentes Plínio Davy De Nes Filho (Chapecoense) e Cláudio Vernalha (Figueirense), além dos treinadores Gilson Kleina e Milton Cruz. Realizada pela Federação Catarinense de Futebol (FCF) e organizada pela Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina, com o apoio das diretorias dos dois clubes finalistas, a entrevista é uma promoção do patrocinador oficial da competição.

Além disso, o evento oficial que marca o encerramento do Campeonato Catarinense será realizado no dia 09 de abril, às 20h, no Continente Shopping. O Prêmio Top da Bola promove, este ano, a sua 14ª edição e é realizado pelo Instituto Mapa, numa pesquisa feita através da votação de narradores, comentaristas e repórteres de jornais, portais e das emissoras de rádio e TV que cobrem os jogos.



Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg