Jornal de Pomerode

Edição Impressa



int(65405)

Caso de Gripe A é confirmado em pomerodense

Exame foi realizado por clínica particular de Blumenau. Secretaria de Saúde alerta para prevenção e reitera início da campanha da vacinação.

ba14c0cd727c3701707a628ff963597e.jpg Foto: Divulgação

Nesta semana, Pomerode registrou o primeiro caso de Gripe A em um morador do município, identificado através de um exame realizada em uma clínica privada, em Blumenau. Apesar de não identificada a subtipagem, o vírus H1N1 foi confirmado.

A Secretaria de Saúde tomou conhecimento do caso e reitera que o mesmo não foi investigado pelo município. No entanto, o alerta para a prevenção é efetuado a todos os munícipes. “Os cuidados devem ser constantes, como lavar as mãos com frequência, cobrir a mão e o nariz ao espirrar e tossir, não dividir objetos pessoais, a etiqueta da tosse. A prevenção é válida para todos os dias, não somente quando há casos confirmados”, completa Simone Steffens da Silva, técnica de Vigilância Epidemiológica de Pomerode.

Os sintomas do H1N1 são similares aos sintomas da influenza humana comum (gripe comum). Eles incluem febre, tosse, garganta inflamada, dores no corpo, dor de cabeça, calafrios e fadiga. Algumas pessoas relatam diarreia e vômitos associados à enfermidade.

Campanha de vacinação contra gripe 

O Ministério da Saúde inicia no dia 23 de abril a Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza. O fim da campanha acontece em 1º de junho. Já o dia 12 de maio será realizado o chamado Dia D, data da mobilização nacional.

Vale lembrar que a vacina contra a gripe é direcionada às pessoas com 60 anos ou mais de idade; crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da área da saúde; professores das escolas públicas e privadas; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; população privada de liberdade, jovens cumprindo medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional.

No Brasil, o público alvo deve representar aproximadamente 60 milhões de pessoas e a meta (nacional) é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a campanha de imunização. 

O Influenza é um vírus de circulação sazonal e, em 2018, a vacina disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é trivalente, protegendo contra três tipos do micro-organismo: o H3N2, o H1N1 e o B.



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação
Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg