Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Caps promove bazar exclusivo para usuários e familiares

Objetivo da iniciativa, que acontece pela segunda vez, é levantar recursos para custear passeios e atividades extras. O evento ocorre até o dia 21 de março.

1744d9d0d05faf2a513b7ea574617642.jpg Foto: Divulgação

Entre os dias 06 e 21 de março, de segunda a sexta-feira, das 14h às 15h30min, no Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Pomerode, será realizado um bazar destinado aos usuários e seus familiares. Na oportunidade, artesanatos produzidos nas oficinas ministradas por profissionais da instituição poderão ser adquiridos, bem como, roupas, acessórios e calçados.

Gisélia Carolina Moreira, Assistente Social responsável pelo bazar, declarou que um dos principais objetivos do Caps é amenizar e tratar as crises dos usuários, para que estas pessoas possam recuperar sua autonomia e se reinserir nas atividades cotidianas. “As oficinas contribuem no tratamento, estimulando a criatividade, a inserção social e, ainda, garantem uma renda a mais para os pacientes”, enfatiza.

Os recursos arrecadados com o bazar serão integralmente reinvestidos nos trabalhos executados no Caps, possibilitando a aquisição de novas matérias-primas que serão utilizadas pelos pacientes, sendo, posteriormente, transformadas em diversas peças artesanais. Da mesma maneira, o caixa levantado será investido no custeio de passeios feitos pelos usuários.

O CAPS - O Centro de Atenção Psicossocial tem como objetivo atender pacientes com transtornos mentais graves e persistentes, e tentar reintegrá-los ao convívio social, de maneira a permanecerem sãos e saudáveis.

O princípio básico do local é a porta aberta para o usuário. É dele que precisa vir a iniciativa de passar pelo tratamento, e ninguém pode forçá-lo a tomar essa decisão. Quando algum paciente chega ao Caps, o primeiro passo é fazer uma análise do seu quadro, que depois será discutido com os membros da equipe que estiverem no local. Após a avaliação, será definido um plano terapêutico para aquele usuário, que varia, sendo exclusivo de cada um.

O Centro foi inaugurado em Pomerode há cerca de sete anos e, com as pessoas atendidas, são realizadas atividades como artesanato, exercícios físicos, grupo de nutrição, grupo de culinária, grupo de relaxamento, atividades externas, psicoterapias individuais e consultas psiquiátricas.



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: Divulgação Divulgação Divulgação
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg