Jornal de Pomerode


Brasil registra aumento na criação de empregos

Divulgados nesta terça-feira, 16 de maio, pelo Ministério Público, dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registra geração de empregos com carteira assinada no mês de abril, somando 38,31 milhões de empregados no país.

818ed896d869f6aba05b03d8dea2c77f.jpg Foto: Divulgação

Divulgados nesta terça-feira, 16 de maio, pelo Ministério Público, dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registra geração de empregos com carteira assinada no mês de abril, somando 38,31 milhões de empregados no país. O mês passado foi o primeiro resultado positivo desde 2014.

No mês de fevereiro deste ano, as contratações ultrapassaram as demissões em 35.612. O mês de março voltou a fechar vagas, cerca de 63.624 postos foram fechados. Retomando o crescimento somente no mês de abril, quando as contratações ultrapassaram novamente as demissões em 59.856 com a geração de empregos formais.

O mês de abril tem mostrado crescimento tanto na geração de empregos, quanto na economia do país. Os dados do Caged mostram que houve criação de empregos em quase todos os setores da economia brasileira. O único setor que fechou vagas no mês passado, cerca de 1.760, foi o de construção civil. O setor de indústria de transformação contratou 13.689 trabalhadores formais, comércio 5.327, serviços 24.712, agricultura 14.648, administração pública 2.287 e a indústria extrativa, com o menor número, 236 novas vagas.

A região que mais houve contratação de trabalhadores no mês passado, com 46.039 pessoas contratadas, foi a Sudeste. A região Centro-Oeste com 10.538, Sul com 5.537. A região Norte fechou 1.139 empregos com carteira assinada e Nordeste registrou perda de 1.119 empregos.

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg