Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Bombeiros Mirins e Aspirantes completam formação

Cerca de 50 crianças e adolescentes receberam no sábado, dia 09 de dezembro, o certificado de Bombeiro Mirim ou Aspirante, do curso realizado em 2017, em cerimônia realizada na sede do Corpo de Bombeiros Voluntários, às 15h. Ao todo, foram 30 formandos bombeiros mirins e 22 bombeiros aspirantes.

8a60ec75077baa7111efb15a57e8cf93.jpg Foto: -Turma recebeu treinamento entre os meses de março e novembroTatiane Hansen/JP

Cerca de 50 crianças e adolescentes receberam no sábado, dia 09 de dezembro, o certificado de Bombeiro Mirim ou Aspirante, do curso realizado em 2017, em cerimônia realizada na sede do Corpo de Bombeiros Voluntários, às 15h. Ao todo, foram 30 formandos bombeiros mirins e 22 bombeiros aspirantes. 

Além da presença dos formandos, prestigiaram a cerimônia autoridades, familiares, amigos e bombeiros. Os alunos que concluíram a capacitação receberam o certificado pela conclusão do curso, que tem por objetivo desenvolver um trabalho preventivo de educação na área de Segurança, Saúde e Defesa Civil, capacitando os jovens para atuar em situações de emergência.

Os bombeiros mirins e aspirantes foram treinados nas seguintes áreas: prevenção e combate a incêndios, atendimento pré-hospitalar, acidentes domésticos e escolares, noções básicas de nós e amarrações, resgate em altura, passeios-aula e palestras educativas. Tais cursos foram realizados aos sábados, de manhã para os aspirantes, e à tarde para os mirins, entre os meses de março e novembro.

O coordenador do Núcleo de Bombeiros Mirins e Aspirantes, Orli Francisconi, explicou que existe uma diferença entre os conteúdos trabalhados com as duas turmas. “Os aspirantes, por estarem há mais tempo aprendendo, possuem um conhecimento mais avançado das técnicas, inclusive, alguns deles ajudam na capacitação dos mirins, como monitores. Alguns dos bombeiros aspirantes acabam se tornando voluntários depois. Até mesmo, três deles da turma deste ano já integrarão os bombeiros voluntários”, relata. 

Já o vice-presidente da corporação, Robson Roque Heidemann, enalteceu a importância da formação para o desenvolvimento dos jovens. “Os Projetos dos Bombeiros Mirins e dos Aspirantes funciona como uma criação de líderes, cidadãos. A formação submetida é diferenciada. Por isso, fica aqui o meu reconhecimento aos formandos como líderes do futuro, com um futuro no mercado de trabalho, e, com certeza, estão no caminho certo, sendo um exemplo de cidadania”. 

Walter Kratz, segundo tesoureiro e um dos fundadores do CBVP, ressaltou o orgulho que sente pelo sucesso alcançado. “Fui um dos fundadores, voluntário e passei pelo comando. Acompanhei essa história e, por isso, deixo aqui os meus parabéns pela dedicação dos instrutores e para os alunos. Vocês são nosso futuro”.

Os bombeiros voluntários agradeceram ao apoio de pais e instrutores, em especial, às instituições e empresas apoiadoras, sendo elas, Prefeitura de Pomerode, Secretaria de Educação, Câmara de Vereadores, Getran, Polícia Militar de Pomerode, imprensa, Transportes Volkmann e Zoo Pomerode.

A Escolinha de Bombeiros Mirins começou em março de 2002, que qualifica, anualmente, cerca de 40 estudantes do Ensino Fundamental, entre 11 a 14 anos. Já em março de 2007, foi iniciado o Projeto Social Bombeiros Aspirantes, que dá continuidade ao Projeto Bombeiros Mirins. Os jovens de 15 a 17 anos têm uma grade curricular que aprofunda os conceitos ensinados no Bombeiros Mirins, e são preparados para serem Bombeiros Voluntários.

 

 



Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg