Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Bandeira tarifária, para dezembro, deve ser verde

A conta de luz para este mês virá sem cobrança extra. A Aneel alerta que, mesmo com a bandeira verde, é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica

3664407760c9e13e42108cec6e57b5bb.jpg Foto: Raphael Carrasco/Jornal de Pomerode

Dezembro terá bandeira tarifária verde, ou seja, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Desde o quinto mês do ano, maio, a bandeira encontrava-se nas cores amarelo ou vermlho, o que acrescentava até R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apesar de os reservatórios ainda apresentarem níveis reduzidos, a expectativa é de que a estação chuvosa continue aumentando o nível de produção de energia pelas hidrelétricas e a recuperação do fator de risco hidrológico (GSF), fatores que impulsionam a queda no Preço de Liquidação de Diferenças (PLD). O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira tarifária a ser acionada.

Sobre a bandeira tarifária 

Para quem não sabe, o sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica.

A Aneel alerta que, mesmo com a bandeira verde, é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica.

 

*Com informações da Agência Brasil - EBC



Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg