Jornal de Pomerode


Rede Feminina de Combate ao Câncer de Pomerode, um serviço de amor e dedicação

O trabalho realizado pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Pomerode tem como objetivo a prevenção ao Câncer do Colo de Útero e diagnóstico precoce do Câncer de Mama. No entanto, muito do que é realizado na Rede vai além do que é possível enxergar do lado de fora de sua nova sede.

4c32c44150ba27a45a55528421d6add8.jpg Foto: Victor Peiker/JP

O trabalho realizado pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Pomerode tem como objetivo a prevenção ao Câncer do Colo de Útero e diagnóstico precoce do Câncer de Mama. No entanto, muito do que é realizado na Rede vai além do que é possível enxergar do lado de fora de sua nova sede.

Através de serviços gratuitos, as voluntárias efetuam visitações, agendamentos, atividades e oferecem algo que dinheiro nenhum paga: amor e dedicação. 

Além de setores técnicos, como o ambulatório, a Rede também conta com setores humanizados. Um deles é o denominado Apoio Moral e Motivacional Vida Rosa, sob coordenação de Marineuza Henschel, que explica como é a atuação das voluntárias. “Neste setor, nos revezamos no agendamento e nas visitações, para que as pessoas com câncer possam receber conforto e saber mais sobre o trabalho da Rede. Nosso objetivo principal é ser acolhida para quem descobriu e trata o câncer, uma doença que atinge não apenas o corpo, mas também, a alma do paciente”, afirma.

Atualmente, o setor conta com 42 pacientes assistidos. “É importante ressaltar que a Rede atua junto à comunidade, independente do câncer, do sexo. Somos voluntárias por uma causa em comum: a prevenção, o combate e a luta contra o câncer”, reitera.

No setor Vida Rosa, além das visitações, são realizadas atividades como yoga, reiki e danças circulares. “Essas atividades são recentes e estão sendo disponibilizadas aqui em nossa sede. Entendemos que os pacientes necessitam de paz, seja para continuar o tratamento, seja para lidar com a doença. Com isso, essas atividades complementam o trabalho de aproximação e acolhida que efetuamos”, completa.

Outra questão bastante importante e muito trabalhada na Rede Feminina diz respeito à autoestima e às diversas formas de lidar com a doença. “Além do acompanhamento, também desejamos proporcionar conforto. Sendo assim, nossas artesãs fabricam alguns artigos como o coração e a prótese de pano. Além disso, também efetuamos o empréstimo de perucas. Tudo isso para que a doença possa ser superada das mais diversas formas”, revela Sulamita Faqueti Amandio, presidente da RFCC de Pomerode.

O coração e a prótese de panos são doados a quem tiver interesse. “O coração é utilizado por quem já retirou a mama e proporciona conforto na hora em que vai dormir ou sentar. Ele é colocado debaixo do braço e, como possui forma de coração, mais parece um abraço. Outro produto doado é a prótese, que possui diversos tamanhos e é utilizado para substituir a mama que precisou ser retirada. A prótese é de pano e colocada no lugar da mama, junto ao sutiã. Assim, os dois itens tem como objetivo lidar com a perda da mama”, comenta Sulamita.

Um item que foi pioneiro em Pomerode, talvez nem seja tão conhecido: as perucas. Atualmente, a Rede Feminina de Pomerode possui mais de 20 para empréstimo.

“A queda do cabelo é uma fase bastante difícil durante o tratamento, pois lida com muitos fatores. Temos diversos salões parceiros que efetuam a doação dos cabelos e, após esta doação, contamos com a parceria de uma senhora em Joinville que as confecciona para nós, e todas elas estão disponíveis para empréstimo em nossa sede. Mais do que uma peruca, o item traz de volta o que muitas vezes pode ter sido perdida: a autoestima. Confeccionada com cabelos de verdade, as perucas são sinônimo de naturalidade e beleza. Há opções para todos os gostos, dos cabelos curtos aos mais longos, escuros ou claros. O importante é se sentir bem.

Desejamos que cada vez mais pessoas sintam-se à vontade para nos procurar e utilizar a peruca”, finaliza a presidente.

Esta é apenas uma parte do trabalho realizado pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Pomerode. Um serviço que vai além do que se vê e merece ser reconhecido. 

A Rede está de portas abertas para atender as demandas da comunidade pomerodense. Conheça mais sobre sua atuação e espalhe amor.

Pedágio Rede Feminina 

No dia 12 de agosto, das 8h às 12h, acontece mais uma edição do Pedágio Beneficente em prol da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Pomerode. 

Neste ano, a rede irá distribuir folhetos explicativos alertando sobre o câncer de boca e de pele, que também merecem nossa atenção. O valor arrecadado será utilizado para dar continuidade às obras da sede própria.

Vamos ajudar!



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 5 fotos
Créditos: Victor Peiker/JP Tatiane Hansen/JP Tatiane Hansen/JP Divulgação Tatiane Hansen/JP









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg