Terca-Feira, 20 de Agosto de 2019

facebook_icon

Hoje: Máx 15Cº / Min 10°C

Siga a gente -

Jornal de Pomerode

Edição Impressa

icon_user

Às margens do Rio do Testo

O Parque Rio do Testo tem como objetivo promover uma área de lazer para pomerodenses e turistas. E para dar início ao projeto, dois terrenos serão desapropriados, bem no “coração” de Pomerode, localizados às margens do Rio do Testo, na rua Paulo Zimmermann

815d45110be8d6ceafc593a520705bba.jpg Foto: Divulgação

A criação de um espaço para entretenimento no centro da cidade já é discutida há mais de 10 anos. No entanto, em 2018, foi dado o primeiro passo para que o projeto, então, saísse do papel.

O Parque Rio do Testo tem como objetivo promover uma área de lazer para pomerodenses e turistas. E para dar início ao projeto, dois terrenos serão desapropriados, bem no “coração” de Pomerode.

Localizados às margens do Rio do Testo, na rua Paulo Zimmermann, hoje utilizados como estacionamento, os terrenos serão readequados para a instalação de uma praça. Segundo o Secretário de Fazenda de Pomerode, Genrado Riemer, este é o primeiro passo para implantação do projeto. “O Parque Rio do Testo contempla a área central da cidade, com o objetivo de embelezar nossa cidade, utilizando o rio que corta Pomerode, além de criar espaço dedicado ao lazer e entretenimento de nossos munícipes e visitantes. Esta praça é a primeira obra do projeto”, completa.

Outro argumento utilizado pela Prefeitura de Pomerode, para a criação do Parque, está relacionado ao desenvolvimento turístico na região central da cidade.

A desapropriação 

Os terrenos que serão desapropriados estão localizados em Área de Preservação Permanente (APP) e, com isso, seus proprietários ficam impossibilitados de realizar melhorias ou obras. No entanto, o poder público, desde que utilize a área para interesse municipal, tem autorização legal para tal.

Neste sentido, os terrenos que, juntos, têm pouco menos de 1.450m², serão desapropriados pela Prefeitura de Pomerode, ao custo de R$ 15.400,00.

A polêmica, no entanto, gira em torno de uma das proprietárias ser Gabriela Knaesel, filha da vice-prefeita, Gladys Sievert, que, segundo avaliação de comissão interna do Executivo, teve o terreno avaliado em R$ 5.400,00.

A vice-prefeita esclarece que o terreno é proveniente de herança e que o valor será destinado à doação. “A desapropriação acontece em virtude da implantação de um projeto para a melhoria da cidade, como um todo. Não há benefício próprio e o valor, inclusive, será revertido a instituições através de doação. Gostaria de esclarecer esta situação, porque está gerando um desconforto e confusão muito grande junto à população”, explica.

O recurso federal

Quatro projetos foram encaminhados ao Ministério do Turismo, sendo aprovado o que diz respeito à instalação do parque linear às margens do Rio do Testo, na rua Paulo Zimmermann.

O projeto tem custo total de R$ 562.208,93, dos quais, R$ 556.190,48 são provenientes de recurso federal, através do Ministério do Turismo, em apoio a Projeto de Infraestrutura Turística; e o restante, R$ 6.018,45, de recursos próprios da prefeitura.

O projeto a ser realizado

A Prefeitura de Pomerode tem até o fim do ano para aprovação do projeto e liberação do recurso junto à Caixa Econômico Federal. Após aprovado, será efetuada licitação e, então, o prazo final para conclusão da obra é 30 de abril de 2022.

No local, será implantado espaço de descanso e contemplação para população local e turistas, composto por deck suspenso voltado ao Rio do Testo, passeios acessíveis a pessoas com necessidades especiais, ciclofaixa, equipamento e mobiliário urbano, como bancos, mesas, lixeiras e parque infantil, bicicletário, iluminação, contenção e adequadação da margem do rio, arborização e paisagismo.



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: Divulgação Divulgação Divulgação
Veja também: