Jornal de Pomerode


Apae realiza o seu tradicional Café Beneficente em homenagem ao Dia das Mães

Na tarde deste sábado, 13 de maio, desde as 14h30min, a Apae de Pomerode promoveu, pelo quinto ano, o seu tradicional Café Beneficente em homenagem ao Dia das Mães. O evento, já consolidado no calendário da instituição, foi realizado no ginásio de esportes Fridolino Mayer, na própria Apae.

a9c96b66f8374230c377640c601b010f.jpg Foto: Isadora Brehmer/JP

Na tarde deste sábado, 13 de maio, desde as 14h30min, a Apae de Pomerode promoveu, pelo quinto ano, o seu tradicional Café Beneficente em homenagem ao Dia das Mães. O evento, já consolidado no calendário da instituição, foi realizado no ginásio de esportes Fridolino Mayer, na própria Apae. 

Além do delicioso café, quem prestigiou o evento pôde se divertir com a pescaria, adquirir roupas e outros objetos no bazar e no brechó, e participar dos sorteios da Roda da Fortuna.

Os alunos da Apae, coordenados por um professor de dança voluntário, que dá aula uma vez por semana na instituição, organizaram diversas coreografias de danças típicas alemãs. A ansiedade e felicidade dos alunos em estar mostrando aquilo que aprenderam, contagiava a todos os presentes.

O evento também recebeu a visita de uma Associação de Danças Típicas de Deficientes da cidade de Brusque, que trouxe um pouco da cultura italiana da sua região e coreografias no ritmo do Hip Hop. A Associação é parceira da Apae de Pomerode e auxilia na obtenção de trajes e uniformes para a instituição pomerodense. 

Quanto aos números, foram arrecadados com o Café, R$ 11.687,00, dos quais grande parte ficará na instituição para serem aplicados. A diretora da Apae de Pomerode, Riacarla Rauh, enaltece a importância que estes recursos têm para o bom funcionamento da instituição e afirma que o dinheiro será bem aplicado. 
“Nós sempre precisamos investir em material, em equipamentos fisioterápicos e de terapia funcional. Queremos, também, adquirir alguns testes novos para o setor da psicologia, então, esse dinheiro que entra, nós precisamos e vamos investir para trazer o melhor para os alunos”, reforça. 

Na venda antecipada, foram vendidos 280 cartões, custando R$ 20,00 cada, número que ficou um pouco abaixo da média esperada, mas Riacarla reconhece que foi devido a outros eventos que aconteceram na mesma data no município e explica que, mesmo assim, a instituição decidiu manter o Café, uma vez que procura atrair um público alvo diferenciado. “Nós decidimos manter a realização do Café, pois nossos alunos já esperam essa data ansiosos, até porque iriam realizar apresentações”. 

Riacarla também aproveitou para agradecer a todos que doaram algum alimento para o Café, ou algum brinde para a Roda da Fortuna, reiterando o quanto ter uma comunidade que abrace a Apae é importante para melhorar a qualidade de vida daqueles que são atendidos por ela. “Nós agradecemos a toda a comunidade pelo apoio constante, sempre estando de braços abertos para nos receber e ajudar”, enaltece a diretora.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg