Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Apae de Pomerode recebe recurso para a compra de van

Recursos viabilizados pelo deputado Rogério Peninha somam mais de R$ 3 milhões e vão atender outras 26 cidades.

5b205ba335bf5eb635838e00e7b2efa4.jpg Foto: Divulgação

O deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) anunciou que irá destinar veículos para 27 unidades da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae’s) em Santa Catarina, entre elas, a de Pomerode. Por meio de emenda parlamentar e recursos extraorçamentários, Peninha destinou R$ 3,1 milhões à aquisição de ônibus e vans para o transporte dos alunos.

A cidade terá assegurado um repasse de R$ 100 mil para a compra de vans, assim como outras 12 cidades: Canelinha, Agrolândia, Gaspar, Imbuia, Laurentino, Lontras, Presidente Getúlio, Blumenau, Indaial, Trombudo Central, Petrolândia e Rio do Campo.

Os recursos já chegaram para Navegantes, Ituporanga, Rio do Sul e Timbó. Em Tijucas, falta a aprovação do convênio para fazer a licitação, no qual, cada uma destas cidades foi contemplada com R$ 130 mil. Ainda no primeiro semestre desse ano, mais seis cidades terão R$ 120 mil empenhados para a aquisição de veículos: Brusque, Camboriú, Itapema, Penha, Porto Belo e Pouso Redondo.

Para completar, Peninha articulou a liberação de mais R$ 440 mil, que serão distribuídos entre Alfredo Wagner, Chapadão do Lageado e Nova Trento.

“As Apae’s fazem um excelente trabalho, e eu me sinto muito feliz em poder ajudar. Estes veículos novos darão mais conforto para os alunos e segurança para suas famílias, que poderão ficar despreocupadas com o deslocamento dos alunos”, destacou o parlamentar. 

Rogério Peninha Mendonça é o deputado federal que mais destinou recursos para unidades da Apae em Santa Catarina nos últimos anos. 

O presidente da Apae, Almir Zoboli, ressaltou a importância do repasse destinado ao transporte, tão necessário para os alunos que frequentam a Apae.“O repasse para a compra da van vem atender uma necessidade de transporte de alunos para viagens mais curtas e quando são menos alunos, pois com o ônibus, se tornava muito oneroso. Com a van, o custo deste tipo de transporte irá diminuir, deixando os recursos que seriam gastos com o combustível do ônibus, por exemplo, poderão ser investidos em outras necessidades da entidade”, colocou.

 



Tags:
Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg