Jornal de Pomerode


Ampliando conhecimentos

Aprimorar os conhecimentos é uma prática necessária em qualquer profissão ou área de atuação. E foi isso que fez a bombeira voluntária Franciely Sanches, integrante do Corpo de Bombeiros de Pomerode, que participou de um workshop de resgate veicular no dia 07 de outubro.

8aa72e0016e5f4191c891106aa0d1163.jpg Foto: Divulgação

Aprimorar os conhecimentos é uma prática necessária em qualquer profissão ou área de atuação. E foi isso que fez a bombeira voluntária Franciely Sanches, integrante do Corpo de Bombeiros de Pomerode, que participou de um workshop de resgate veicular no dia 07 de outubro, sábado, no Ginásio de Esportes do Avaí, em Guaramirim.

Esta foi a segunda edição do Workshop Feminino de Resgate Veicular e Franciely, por ter uma formação neste tipo de socorro, representou a corporação de Pomerode. Segundo a bombeira, foram 10 horas de atividades práticas, com as ferramentas adequadas para o resgate veicular, em Nível Operador. 

“O convite veio através de um grupo no WhatsApp para as corporações. E, por já possuir uma formação em resgate veicular, eu me interessei e me inscrevi, a fim de representar a classe feminina de Pomerode neste evento. É uma área com a qual me identifico, por isso busco cada vez mais novas formações”, explica a bombeira. 

Ao todo, 19 mulheres de diferentes corporações de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul participaram do workshop, que trabalhou atividades como os tipos de ferramentas e suas funcionalidades, sinalização e isolamento de cena, estabilização de veículos, corte e abertura de acessos para a retirada de vítimas, acesso em veículos blindados, procedimentos em veículos com GNV, e retirada de vítimas. 

Ela conta que o treinamento foi extremamente importante para a sua formação, principalmente porque é importante o aprimoramento. “Aprender nunca é demais, porque o nosso objetivo principal é diminuir o tempo de risco de morte de uma vítima. Essa formação me trouxe ainda mais experiência e segurança para trabalhar em meus plantões e sempre procuro me especializar, para que, em uma emergência, não tenha nenhuma dúvida de como atuar para salvar uma vida”, ressalta Franciely.

Para a bombeira, é importante mostrar o valor da classe feminina, pois nesta profissão não existe diferença, de sexo, classe, cor ou religião, todos podem atuar e são capazes.  Basta buscar as formações ideais, e ter força de vontade.  Não existe limitações, a população precisa dos homens e das mulheres, de acordo com o que afirma Franciely. 

“Estamos no mês rosa, dedicado às mulheres. Este evento pôde mostrar ainda mais a força da mulher, afinal, todas nós temos força para superar tudo. Eu sempre procurei desafios. Hoje tenho muito orgulho em dizer que sou a única mulher com essas formações em Pomerode, pois sou também condutora de veículo de emergência, dentre eles, caminhões. Poucas mulheres no estado de Santa Catarina possuem essa formação. Que mais mulheres vejam a sua importância para a comunidade e procurem se especializar ainda mais”, finaliza.



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 3 fotos









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg