Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Amadeu da Luz lança “Coisas que Pomerode fala no baile”

Lançamento do curta-metragem reuniu comunidade escolar

c4b914510e733999be9a3abe4dbb7187.jpg Foto: Isadora Brehmer/JP

Na noite de quarta-feira, 12 de setembro, a Escola Básica Municipal Dr. Amadeu da Luz, por meio da turma do 7º ano A, promoveu o lançamento oficial do curta-metragem produzido pela turma, intitulado “Coisas que Pomerode fala no baile”. O evento foi realizado na escola, a partir das 19h.

Estiveram presentes pais, alunos, professores e, ainda, o secretário de Educação e Formação Empreendedora, Jorge Buerger. No início, a diretora da instituição, Dóris Mathias Selhorst, explicou a todos o que era o projeto e falou sobre as edições anteriores do curta-metragem. Antes que a grande atração da noite fosse apresentada, os alunos, acompanhados pela professora de Alemão da escola, cantaram uma música no idioma.

Logo depois, para que o público pudesse entender como funcionava o projeto, foram apresentados os vídeos anteriores, que tinham como tema “Coisas que Pomerode fala”. Dóris também explicou que o projeto é parte da disciplina de Língua Portuguesa, entrando no assunto de variantes linguísticas e dialetos.
Terminada a apresentação das edições anteriores do curta-metragem, era chegada a hora de, finalmente, conhecer o trabalho desenvolvido pelos alunos em 2018. 
E o resultado não poderia ser diferente. O público deu boas risadas e se encantou com o trabalho produzido, que contou com muita dedicação e empenho por parte dos alunos. 

Como já publicado em edição anterior do Jornal de Pomerode, foram os alunos do 7º ano que tiveram a iniciativa de fazer o vídeo e fizeram a pesquisa sobre as expressões comuns dos bailes, com pais e avós, para a montagem do roteiro, posteriormente, conforme explica, também, a diretora Dóris.

“Foi todo um trabalho, todo um processo de levantamento da cultura do povo de Pomerode. Nós sabemos que a cidade possui um forte traço cultural alemão e que as pessoas falam um pouco em português e um pouco em alemão, para quem não sabe a língua dentro da norma da gramática”, disse.

A diretora também destacou o resgate histórico e cultural feito pelos alunos, de uma forma que o processo fosse prazeroso para eles. “Ficamos felizes quando há professores, como é o caso da professora Scheila Mass, de Língua Portuguesa, que levantam este tipo de iniciativa, que faz com que nossos alunos tenham vontade de pesquisar, de fazer trabalhos em grupo. A troca que eles fazem entre si é muito rica e acabam conversando, também, com avós e pais, trazendo para dentro da escola um pouco da cultura que se vivenciou até aqui na nossa cidade”, ressalta Dóris.

Ao fim da apresentação, foi servido um coquetel aos presentes, confraternizando escola e comunidade. O vídeo, para quem quiser conhecer o trabalho final dos alunos, pode ser visto no canal do YouTube da E.B.M. Dr. Amadeu da Luz. Basta procurar a sentença “Coisas que Pomerode fala no baile”.



Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Isadora Brehmer/JP
Localização:

Escola Amadeu da Luz, Pomerode

Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg