Jornal de Pomerode


Alunos pomerodenses recebem medalhas de ouro da Obmep

Quatro alunos do Ensino Fundamental conquistaram o ouro na Olimpíada

4bf834684fa09ea29b143ed7360620c2.jpg Foto: Divulgação

Pomerode, mais uma vez, conquistou um resultado importante no cenário da educação nacional. Isso porque nossa cidade teve quatro alunos da Rede Pública que ganharam a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), já que terminaram entre os 501 com maior pontuação na prova, que teve 17,8 milhões de participantes. 

No nível 1, que engloba os alunos que cursaram o 6º e o 7º anos em 2016, os estudantes João Pedro Tambosi, da E.B.M. Amadeu da Luz, e Roger Maldaner, da E.B.M. Olavo Bilac, foram os dois medalhistas de ouro. Já pelo nível 2, que diz respeito aos alunos dos 8º e 9º anos, os ganhadores da medalha de ouro foram Pedro de Souza, na época, da E.B.M. Olavo Bilac, e Sena Haruta, que estudava na E.B.M. Hermann Guenther em 2016. 

A cerimônia de premiação foi realizada no dia 14 de novembro, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e contou com a presença de representantes dos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, do diretor-geral do IMPA, Marcelo Viana, e do diretor-adjunto do IMPA e coordenador nacional da Obmep, Claudio Landim.

Além dos medalhistas de ouro, estudantes pomerodenses também conquistaram medalhas de prata e bronze. Kaio Haruta, que estudava na E.B.M. Hermann Guenther, e Stefanie Siewerdt, da E.B.M. Amadeu da Luz, ficaram entre os 1.500 que conquistaram as medalhas de prata em todo o Brasil. Já as medalhas de bronze, foram conquistadas pelos alunos Igor de Alencar, da E.B.M. Amadeu da Luz, Guilherme Kuglin, também do Amadeu, e Vinícius dos Santos, da E.B.M. Olavo Bilac. 

Completando as conquistas para Pomerode, as professoras Maria Cristina Dallmann, Sirley Moreira Loureiro e Carla Darlei Althoff de Oliveira também foram contempladas pela pontuação que alcançaram. As escolas Amadeu da Luz, Hermann Guenther e Olavo Bilac também se destacaram. 

A secretária de Educação e Formação Empreendedora, Neuzi Schotten, ressalta o orgulho pelo resultado obtido pelos alunos pomerodenses. “Pomerode foi a única cidade de Santa Catarina que teve três professoras e quatro alunos medalhistas de ouro, por isso, somos um destaque estadual, o que é um grande resultado, se levar em conta as dimensões de Pomerode. A conquista também revela a qualidade da educação na rede pública do município, principalmente na matemática, com professores muito dedicados”, afirma Neuzi.

Ela também conta que, como forma de reconhecimento ao trabalho dos professores, a Prefeitura decidiu custear não só a ida dos alunos medalhistas, mas também das três educadoras que foram destaque na Olimpíada. 

Em sua 12ª edição, a maior olimpíada estudantil do país, destinada a alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, reuniu concorrentes de 99,6% dos municípios brasileiros. Além dos 501 medalhistas de ouro, 1.500 conquistaram prata; 4.500 o bronze; e 42.482 foram agraciados com menções honrosas.

 



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos: Divulgação









Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg