Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Agora é caveira!

Após meses de intensas provações, Capitão Cristofer Tiemann conclui Curso Operações Policiais Especiais da Polícia Militar do Distrito Federal.

3e4b30a06b1ff9f959b97187b9c58aa1.jpeg Foto: Divulgação

Um teste físico e psicológico. Mais do que uma formação, concluir o curso de Operações Policiais Especiais é sinônimo de força, dedicação e, principalmente, superar limites. 

E quando o assunto é superação, o Capitão Cristofer Tiemann deu exemplo. O Oficial da PMSC, durante o último semestre de 2017, dedicou-se ao Curso de Operações Policiais Especiais na capital federal, Brasília (DF). 

Durante os meses de agosto a dezembro, o Capitão Tiemann ficou longe da família e dos amigos para se dedicar à realização de um sonho: concluir o curso e se tornar “caveira”. “Sempre tive esse desejo e já havia tentado em outra oportunidade. Infelizmente, à época, não estava devidamente preparado, pois o curso exige muito, física e, principalmente, psicologicamente. Então, durante três anos, me preparei para não desistir, para superar todos os meus limites, para atender às minhas próprias expectativas e conquistar mais essa vitória”, revela.

E para chegar lá não foi fácil. O processo seletivo permite que apenas cinco policias de outros estados possam participar do curso. E aí foi a primeira vitória. “Depois disso, 40 policiais foram selecionados. Destes, 39 se apresentaram para a realização do curso. A partir de então, testes diários de capacidade mental, emocional e física. Diários, mesmo”, completa.

Dentre os módulos e disciplinas, as mais variadas áreas de conhecimento, como patrulha urbana, técnicas especiais de tiro, tiro policial de precisão, gerenciamento de crise, segurança de dignitários, técnicas verticais, operações helitransportadas, explosivos e ações táticas especiais. “Além disso, tive instruções de paraquedismo, mergulho e patrulhamento em ambiente rural. Apesar de todos os desafios e dificuldades enfrentados durante o curso, eu sou grato pela oportunidade de poder realizá-lo e, mais do que isso, pelo aprendizado adquirido. Hoje me vejo preparado para lidar com as mais diversas situações e quero passar isso aos policiais de nossa região”, afirma. 

A formatura ocorreu em 14 de dezembro e dos 39 policiais inicialmente participantes, 19 concluíram o 15° Curso de Operações Policiais Especiais - Nível Misto/2017, realizado pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

Na oportunidade, uma grata surpresa. O Capitão, que já comandou o Pelotão da Polícia Militar de Pomerode, conquistou a 1ª colocação do curso, com a média final de 8,51. “Sabia que estava dando o meu melhor, mas confesso que fiquei surpreso com a colocação. Acredito que somos capazes de superar nossos limites, desde que estejamos dispostos a isso. Representar nosso estado e nossa região em um curso tão respeitado é uma honra para mim.”, conclui.

Capitão Tiemann, atualmente, comanda a 2ª Companhia da Guarnição Especial de Indaial (GEIn), sediada no município de Timbó, da qual Pomerode faz parte.

 



Galeria de fotos: 4 fotos
Créditos: Divulgação Divulgação Divulgação Divulgação
Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg