Jornal de Pomerode

Edição Impressa



A única celebração que importa é a do amor

O casamento é sempre um momento único na vida do casal e fazer as melhores escolhas para este dia, é fundamental para que ele seja inesquecível, de um jeito bom. Foi isso que Beatriz de Camargo Martins e Saulo Dias Lima buscaram quando escolheram o Manga Rock Bar

8ec1f9ce8847531a09d6784d07fff05e.jpg Foto: Tatiane Hansen / Jornal de Pomerode

O casamento é sempre um momento único na vida do casal, que decide dar este passo tão importante em sua relação. E fazer as melhores escolhas para este dia, é fundamental para que ele seja inesquecível, de um jeito bom.

Foi isso que Beatriz Pereira de Camargo Martins, de 23 anos, e Saulo Dias Lima, de 36, buscaram quando escolheram o Manga Rock Bar para ser o palco de seu grande dia. Esta é a segunda vez que o local recebe, de braços abertos, um casamento.

Durante a festa de matrimônio, nossa equipe conversou com os noivos, que contaram a sua história, até aquele momento. Saulo e Beatriz se conheceram no Sinistro Moto Clube de Araras, no interior de São Paulo, há cerca de dois anos. Ambos são daquela região e contam que foi a paixão pelas motos que os uniu.

Há cerca de um ano e meio, vieram residir em Pomerode, mas até pouco tempo, não conheciam o Manga Rock Bar. “Em uma viagem recente, tivemos um problema com a moto, a caminho de Jaraguá do Sul. Mas por nossa sorte, um dos integrantes do Griffus, um grupo de motociclistas daqui, nos socorreu e, depois, nos apresentou ao grupo, nos trazendo ao Manga e gostamos muito do local”, conta o noivo.

O casal, desde que conheceu o Manga, começou a frequentar o local e foi gostando cada vez mais do ambiente. E como costumavam frequentar este tipo de local, sempre tiveram o sonho de deixar de lado o tradicional de se casar na igreja e realizar a cerimônia em um moto clube. “Inicialmente, pensávamos em fazer no Moto Clube de Araras, mas como viemos morar em Pomerode, o Manga se tornou o lugar ideal”, ressalta Beatriz.

E para receber o casamento, nem foi necessária uma preparação muito elaborada, pois, de acordo com o casal, a própria decoração do Manga já era do jeito que eles planejavam e só precisaram se preocupar com a vestimenta, que também teve uma inspiração especial.

“Quanto às nossas roupas, nossa inspiração foi a era do Rockabilly, na década de 50 e também o estilo dos anos 20, algo que se encaixasse nestes estilos. E cá estamos”, revela Lima.

A chegada dos noivos ao local do casamento também foi cuidadosamente planejada. Tanto o noivo quanto a noiva foram escoltados por amigos motociclistas até a entrada do Manga Rock Bar. O noivo, como de costume, chegou primeiro, de moto, com a sua escolta de motos. Da mesma forma, Beatriz chegou logo depois, de triciclo, da maneira como eles gostam de levar a vida.

E claro, para deixar a celebração completa, não poderiam faltar os amigos, que torcem pela felicidade do casal. Cerca de 100 convidados, de São Paulo (capital), Araras, de Navegantes e muitos de Pomerode marcaram presença no casamento, deixando tudo ainda mais especial.

“A gente nunca mais irá esquecer, é um momento especial, que queríamos muito fazer do jeito que nós gostamos e da maneira como sonhávamos. Foi perfeito”, ressalta o noivo.

O proprietário do estabelecimento, Fredi Behling, ressalta a felicidade em poder contribuir com a história do casal. "No primeiro momento, várias palavras soltas me vem à mente: alegria, orgulho, lisonjeado, honra, responsabilidade, seriedade, compartilhamento, identificação, enfim. Quanto à escolha do espaço do Manga Rock Bar sinto-me realmente enaltecido, pois existem tantos espaços para a realização de festas de casamento e este espaço underground foi selecionado", comenta.

Como já dito, está foi a segunda vez que o Manga Rock Bar foi o local escolhido para a celebração de um casamento e, logo na primeira vez que isso aconteceu, Behling, ou Manga, como é chamado pelos amigos, foi o responsável por conduzir a cerimônia. Ele explica que, no Manga Rock Bar, acontecem os casamentos agnósticos, em que são ditas palavras sobre o amor, é falado sobre a história do casal em relação aos seus sentimentos, sobre seus desejos para a vida a dois, troca de alianças, leitura dos votos, bênção, os beijos e a oficialização do casamento. É uma celebração bastante pessoal, na qual o celebrante conhece os noivos.

"Pra mim, o momento do casamento é muito sério, pois é a hora que estarão juntos o casal que escolheu passar a vida junto, com familiares e amigos, enfim, pessoas queridas para compartilhar esse momento. Finalizando, já avisei que não pretendo me aprofundar nesta função tão séria na vida de duas pessoas (risos)", encerra o proprietário do local.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Tatiane Hansen / Jornal de Pomerode Tatiane Hansen / Jornal de Pomerode
Veja também:









Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg4b580c53dad677f2141dea5ad908465d.jpg