Jornal de Pomerode

Edição Impressa



15 anos de incentivo à escrita

Lançamento da 15ª edição do livro reuniu alunos, professores, autoridades e pais, na Câmara de Vereadores. Na cerimônia estiveram presentes alunos e professores representando as 12 escolas cujos textos compõem o Varal Literário, além de autoridades municipais

25ef6088b65aa5f1fce91725e35a2a73.jpg Foto: Raphael Carrasco/JP

Na tarde de quarta-feira, 17 de outubro, foi realizada a cerimônia de lançamento da 15ª edição do Varal Literário, com a entrega dos livros referentes às edições de 2017 e 2018. A 15ª edição do Varal Literário teve como tema “Lendas” e, no ano passado, o tema foi “Narrativas Fotográficas”. O projeto Varal Literário é realizado desde 2004, e é fruto de uma parceria entre as secretarias de Educação e Formação Empreendedora e de Turismo e Cultura.

Na cerimônia de lançamento dos livros, realizada na Câmara de Vereadores, estiveram presentes alunos e professores representando as 12 escolas cujos textos compõem o Varal Literário, além de autoridades municipais, que procederam com a entrega dos livros. 

Como este é o 15º ano de realização do projeto, a cerimônia teve um toque especial. Isso porque quatro ex-alunas e uma aluna de escolas da cidade foram convidadas a lerem seus textos, publicados em alguma das edições do Varal. Foram cinco textos, de diferentes gêneros, que comprovam a variedade trabalhada ao longo dos anos.

Logo após, uma pequena peça de teatro foi apresentada, baseada no conto de Monteiro Lobato “O Cão e o Lobo”. A peça foi apresentada por alunas do 8º ano da Escola Básica Municipal Olavo Bilac. Houve, ainda, a declamação de uma poesia, feita também por uma aluna da E.B.M. Olavo Bilac.

Em seus discursos, as autoridades destacaram o empenho de professores e diretores das escolas no incentivo à escrita, além de estimular os alunos a continuarem escrevendo e lendo muito, discurso que se encaixa nos objetivos propostos pelo projeto, que são incentivar a prática da leitura a partir do conhecimento dos vários gêneros literários, promover a leitura criativa de obras literárias e criação de escritos próprios, desenvolver a habilidade da escrita, incentivar o protagonismo infanto-juvenil e fortalecer a parceria entre a Biblioteca Pública Municipal, bibliotecas escolares e professores.

O secretário de Educação e Formação Empreendedora de Pomerode, Jorge Buerger, destacou que o Varal Literário representa um legado para o município. “Representa um legado material, que é a produção escrita, algo de valor imensurável, já que fica registrado para sempre. Mas há, também, o legado humano, que é visto em momentos como a homenagem que fizemos no início, com as meninas que já participaram do varal em edições anteriores, orgulhosas, apresentando seus textos. Então, esse legado é você poder dizer ‘eu sou um escritor, eu posso produzir um texto’. Tudo isso ligado ao incentivo do professor à prática da leitura, ao incentivo dos pais. Isso forma pessoas com sucesso profissional no futuro, graças a essa oportunidade”, ressaltou o responsável pela pasta.

Buerger também falou sobre a alternância de gêneros ao longo dos anos, que ajuda o aluno a identificar os diferentes tipos de textos, fazendo com que identifiquem não só o gênero de que se trata determinado texto, com mais facilidade, mas também, perceber a finalidade do autor ao escrevê-lo.

Os livros do Varal Literário podem ser encontrados na Biblioteca Municipal e o varal, propriamente dito, está exposto no hall de entrada da Câmara de Vereadores. 

 



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Isadora Brehmer/JP Isadora Brehmer/JP
Veja também:









Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg