Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Na Ponta do Lápis - 28/03

Mercado financeiro reduz projeção de inflação

O mercado financeiro reduziu, pela oitava semana seguida, a projeção para a inflação neste ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 3,63% para 3,57%, de acordo com o Boletim Focus, publicação semanal do Banco Central (BC) sobre os principais indicadores econômicos.

A projeção segue abaixo do centro da meta de 4,5%, mas acima do limite inferior de 3%. Para 2019, a estimativa para a inflação caiu de 4,20% para 4,10%, ficando mais distante do centro da meta (4,25%).

Boletos vencidos acima de R$ 800 podem ser pagos em qualquer banco

Desde sábado, 24 de março, boletos vencidos, acima de R$ 800,00, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que começou a ser implementada em julho do ano passado. As mudanças estão sendo feitas de forma escalonada, tendo sido iniciadas com a permissão para quitação de boletos em atraso acima de R$ 50 mil. A partir de 26 de maio, serão permitidos os boletos acima de R$ 400,00 e a expectativa é que até setembro deste ano, o processo seja concluído.

A nova plataforma de cobrança permite a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que, de acordo com a Febraban, facilita o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verifica as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada.

Dívida pública sobe 1,53% em fevereiro

A dívida pública federal, que inclui os endividamentos do governo dentro do Brasil e no exterior, subiu 1,53% em fevereiro, para R$ 3,582 trilhões, informou a Secretaria do Tesouro Nacional na segunda-feira, 26 de março. Em janeiro, a dívida somava R$ 3,528 trilhões.

O aumento da dívida pública ocorreu porque o governo emitiu mais papéis no mercado para obter recursos junto a investidores. Com esse dinheiro, o governo financia suas ações, mas depois paga juros a esses investidores.

Em todo ano passado, a dívida pública teve aumento de 14,3%, segundo números oficiais. A expectativa da Secretaria do Tesouro Nacional é de uma nova alta em 2018, podendo chegar a quase 4 trilhões no fim de 2018.

Confiança da construção sobe em março e no 1º trimestre

O índice que mede a confiança da construção avançou 0,7 ponto em março, para 82,1 pontos. Assim, o 1º trimestre fechou com alta de 2,9 pontos sobre o trimestre anterior e de 7,2 pontos sobre o mesmo trimestre em 2017. A divulgação foi feita pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na segunda-feira, 26 de março.

De acordo com Ana Maria Castelo, coordenadora de Projetos da Construção da FGV IBRE, os sinais positivos ainda estão restritos a poucas atividades, destacando-se, principalmente, o segmento de edificações.



Publicado em 29/03/2018 - por Jornal de Pomerode

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo

Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg