Jornal de Pomerode


Na Ponta do lápis - 22/11

Previsão para o PIB
A economia brasileira não só manteve a trajetória de crescimento no terceiro trimestre deste ano, como também registrou aceleração do seu ritmo. É o que revela o resultado do Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), divulgado pelo Banco Central na segunda-feira, 20 de novembro.

Entre julho e setembro, o índice apresentou alta de 0,58% quando comparado com o segundo trimestre de 2017 (abril a junho). O resultado foi calculado após ajuste sazonal, uma espécie de “compensação” para comparar períodos diferentes de um ano.

Esse foi o terceiro trimestre consecutivo de expansão do indicador. Dados revisados pela autoridade monetária apontam para uma alta de 1,1% no primeiro trimestre e de 0,39% no segundo trimestre - sempre na comparação com os trimestres anteriores.

Balança Comercial tem superávit
A balança comercial registrou superávit de US$ 700 milhões na terceira semana de novembro, informou na segunda-feira, dia 20, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Isso significa que as exportações brasileiras superaram o valor das importações em US$ 700 milhões na semana passada.
No período, o total das exportações brasileiras somou US$ 3,705 bilhões. Já as importações somaram US$ 3,004 bilhões.

De acordo com o MDIC, na terceira semana de novembro aumentaram as exportações de produtos semimanufaturados (5,9%), entre eles, o açúcar em bruto, o ferro-ligas e o alumínio em bruto; e de produtos básicos (6%), como petróleo em bruto, farelo de soja e minério de ferro.

Previsão de queda na inflação em 2018
Os economistas das instituições financeiras reduziram sua previsão para a inflação e elevaram sua estimativa para o crescimento econômico em 2018, informou o Banco Central, na segunda-feira. Segundo o relatório conhecido como “Focus”, feito com base em pesquisa realizada na semana passada com mais de 100 instituições financeiras, a previsão do mercado para a inflação em 2018 baixou para 4,03%.

No relatório anterior, feito com base em pesquisa realizada há duas semanas, a previsão para a inflação no ano que vem estava em 4,04%. Já para o resultado do PIB em 2018, a estimativa do mercado subiu para 2,51%. No relatório anterior, estava em 2,50%. Para 2017, os analistas ouvidos pelo BC mantiveram suas previsões tanto para a inflação (3,09%) quanto para o resultado do PIB (0,73%).

Saldo positivo em geração de empregos
O aumento do número de empregos formais em outubro foi puxado pelos setores de comércio, indústria de transformação e serviços. De acordo com números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na segunda-feira, dia 20 de novembro, pelo Ministério do Trabalho, 76.599 vagas foram criadas no mês passado.

O resultado de outubro é o melhor do ano até agora. O comércio foi o setor que mais se expandiu no último mês, com 37.321 novos empregos formais, dos quais, 30.187 no comércio varejista.

A indústria de transformação teve o segundo melhor desempenho, com 33,2 mil novos postos de trabalho, graças, sobretudo, ao desemprenho da indústria de produtos alimentícios, que abriu 20.565 vagas. Já o setor de serviços criou 15.915 vagas de emprego formal em outubro.



Publicado em 24/11/2017 - por Jornal de Pomerode

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo

Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg