Jornal de Pomerode


Na Ponta do Lápis - 15/11

13º salário deve injetar R$ 8,4 bilhões em Santa Catarina

De acordo com o Departamento de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o pagamento do 13º salário para os trabalhadores do mercado formal, aposentados e pensionistas de Santa Catarina, irá injetar na economia do estado cerca de R$ 8,4 bilhões. O período com maior movimentação econômica deve ser de 30 de novembro a 20 de dezembro. 

O valor é 4,33% maior do que o do ano passado, que foi de R$ 8,05 bilhões. O valor pago este ano representa 4,2% do total do Brasil, 25,8% da Região Sul e, em torno de 3,1% do PIB estadual. Algumas categorias já tiveram parte do valor antecipado. 

Alta do PIB fica em 0,73%, segundo Focus

O mercado financeiro manteve sua projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2017. A expectativa de alta para o PIB deste ano seguiu em 0,73% no Relatório de Mercado Focus divulgado na manhã de segunda-feira, dia 13. Há um mês, a perspectiva estava em 0,72%. Para 2018, o mercado manteve a previsão de alta do PIB, de 2,50%. Quatro semanas atrás, a expectativa era a mesma.

No Focus agora divulgado, a projeção para a produção industrial deste ano passou de avanço de 2,00% para alta de 1,96%. Há um mês, estava em 1,18%. No caso de 2018, a estimativa de crescimento da produção industrial passou de 3,00% para 2,73%, ante 2,50% de quatro semanas antes.

Aumenta projeção para a inflação

O mercado financeiro aumentou levemente a projeção para a inflação este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,08%, na semana passada, para 3,09%. Há quatro semanas, a expectativa estava em 3%. A projeção consta do boletim Focus, publicação divulgada na segunda-feira, dia 13, no site do Banco Central (BC) com projeções para os principais indicadores econômicos.

Para 2018, a estimativa para o IPCA, que era 4,02%, subiu para 4,04%. As projeções para 2017 e 2018 permanecem abaixo do centro da meta de 4,50%, que deve ser perseguida pelo BC. Essa meta tem, ainda, um intervalo de tolerância entre 3% e 6%.

Projeção de 7,00% para Selic

Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica de juros) para o fim de 2017 e 2018. O Relatório de Mercado Focus trouxe na segunda-feira, dia 13, que a mediana das previsões para a Selic este ano permaneceu em 7,00% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar. O levantamento indicou, também, que a mediana das projeções dos economistas para a Selic no fim de 2018 seguiu em 7,00% ao ano, igual a um mês atrás.

Na última sexta-feira, dia 10, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o IPCA de outubro subiu 0,42%. A taxa ficou perto do piso das estimativas dos analistas (de 0,40% a 0,55%, com mediana de 0,48%). No ano, a inflação acumulada é de 2,21% e, nos 12 meses até outubro, de 2,70%.



Publicado em 16/11/2017 - por Jornal de Pomerode

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo

Publicidade

  • 50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg