Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Contra-Ataque

<strong><em>Pr&ecirc;mios</em></strong><br />Fiquei muito feliz com uma not&iacute;cia esta semana. O document&aacute;rio "Senna", dirigido pelo ingl&ecirc;s Asif Kapadia, venceu duas categorias no British Academy Film Awards (BAFTA), o "Oscar ingl&ecirc;s". O filme, que estreou no fim de 2010 e emocionou os f&atilde;s do piloto brasileiro, inclusive eu, levou as estatuetas de melhor document&aacute;rio e melhor edi&ccedil;&atilde;o. A premia&ccedil;&atilde;o da Academia Brit&acirc;nica de Artes, Cinema e Televis&atilde;o &eacute; uma das principais da Europa. A produ&ccedil;&atilde;o j&aacute; levou outros trof&eacute;us, como o Pr&ecirc;mio de Cinema Independente Brit&acirc;nico (Bifa) e a ta&ccedil;a oferecida pela revista inglesa "Autosport". Mais do que merecido, pois, al&eacute;m de ser um filme muito bem feito, conta a hist&oacute;ria de um dos maiores desportistas que este pa&iacute;s j&aacute; teve.</p> <p><strong><em>Fair play ao extremo</em></strong><br />Uma cena de fair play chamou a aten&ccedil;&atilde;o no futebol do M&eacute;xico, neste final de semana. Faltavam dois minutos para acabar a partida entre os times sub-20 do Pachuca e do Estudiantes, quando o atacante Sergio Teran, do Estudiantes, se aproveitou de uma bola ao ch&atilde;o que era para ser devolvida ao Pachuca - pois haviam parado a jogada para atendimento de um jogador rival - e acabou sofrendo p&ecirc;nalti.<br />O t&eacute;cnico do Estudiantes, Mauricio Gallaga, num ato de extremo bom senso e mesmo vendo seu time perder por 3 a 0, ordenou que Gustavo Mendez perdesse o p&ecirc;nalti de prop&oacute;sito, sendo prontamente atendido. A&iacute; sim eu dou valor...</p> <p><strong><em>Que feio...</em></strong><br />Ele era para ser a estrela do time, mas acabou saindo pela porta dos fundos. Na segunda-feira, o Metropolitano confirmou a sa&iacute;da do meia Lopes, devido a diversos problemas, entre eles, indisciplina. J&aacute; no in&iacute;cio da temporada, o jogador, que j&aacute; teve passagens por Palmeiras, Flamengo, Fluminense e Santos, se apresentou ao time fora de forma e demorou para estar dispon&iacute;vel para o treinador Cesar Paulista. No s&aacute;bado, ele n&atilde;o embarcou para Chapec&oacute;, onde o Metropolitano enfrentaria a Chapecoense no domingo. E o pior: ningu&eacute;m sabia onde Lopes estava, o que gerou um grande desconforto para a equipe e diretoria. Mesmo pedindo uma segunda chance, o meia foi desligado oficialmente do clube. Com isso, a diretoria e comiss&atilde;o t&eacute;cnica mant&eacute;m o "time na m&atilde;o", sem qualquer toler&acirc;ncia a atos que estejam em desacordo com os princ&iacute;pios do clube blumenauense. Decis&atilde;o absolutamente correta!</p>


Publicado em 30/11/-0001 - por Bob Gonçalves

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo

Publicidade

  • 
    eb224b55631b8f403d168a912e1f6fb6.jpg