Jornal de Pomerode

Edição Impressa



Contra-ataque - 27/10

Empate

Na noite de quarta-feira, dia 24, o Blumenau Futsal entrou em quadra para a disputa do penúltimo compromisso válido pela primeira fase do Campeonato Catarinense da Divisão Especial. Em confronto equilibrado, os blumenauenses ficaram no empate com Mafra em 3 a 3, no Ginásio do Galegão, em Blumenau. Os gols blumenauenses foram anotados por Libânio, Ceará e Ruan. Já pelo lado de Mafra, quem balançou as redes foram Jaderson e Ruan Portela (duas vezes). Na última rodada da primeira fase, o Blumenau Futsal enfrenta São Francisco, neste sábado, dia 27, às 20h15min, no Complexo Esportivo, em Timbó. O Blumenau Futsal já está classificado para a segunda fase do Estadual.

Foto: Sidnei Batista

 

Final Oliclubes

Neste domingo, 28 de outubro, é dia da etapa final da 8ª Olimpíada Entre Clubes de Caça e Tiro de Pomerode (Oliclubes 2018). As provas decisivas serão realizadas no Clube Esportivo Recreativo Cultural Vasco da Gama (Wunderwald), que encerrarão as disputas. Na oportunidade, serão disputados o Serrador, Chopp em Metro, Vogelstechen, Linguiça (Alles Wurst) e Garota Oliclubes. Logo após, os vencedores serão premiados.

 

Cancelamento

Devido às chuvas que caíram durante a semana, a 2ª rodada do 2º Campeonato Municipal de Bairros de Campo foi cancelada. As partidas, que seriam realizadas no Estádio Alípio Nunes, em Testo Alto, foram transferidas para a semana do dia 05 de novembro, após o “feriadão”.

 

Futebol Feminino

Após conquistar o turno do Campeonato Catarinense Feminino 2018, o Kindermann saiu na frente, também, na disputa do returno, vencendo a Chapecoense, por 3 a 0, em Chapecó. Os gols foram marcados por Roberta (duas vezes) e Catyellen. Ainda pela rodada de abertura do returno, as atletas do Criciúma superaram as do Marcílio Dias, por 1 a 0, com gol anotado pela centroavante Janaina. Caso conquiste também o returno, o Kindermann será decacampeão catarinense de futebol feminino.

 

Cada coisa...

Ainda temos que conviver com esse tipo de notícia. Segundo o globoeporte.com, o ex-presidente da CBF, José Maria Marin, condenado a quatro anos de prisão pela justiça dos Estados Unidos, foi transferido para uma penitenciária de segurança mínima na Pensilvânia, no noroeste do país. A transferência foi um pedido dos advogados do ex-presidente da CBF, pois, segundo eles, a prisão na cidadezinha de Allenwood oferece condições aos detentos opostas ao do presídio do Metropolitan Detention Center, no Brooklyn, em Nova York, que é descrito por advogados criminalistas como um “depósito humano” por causa da brutalidade no tratamento com os presos. Marin estava lá desde dezembro de 2017, quando foi condenado a seis crimes por corrupção no futebol. Aos 86 anos, agora terá acesso a biblioteca, televisão, programas educativos e pode se exercitar com frequência - benefícios que ele não tinha no MDC. O dirigente também tem acesso a médicos e enfermeiros no local. E pensar que muitos brasileiros de bem, sem crime algum nas costas, não têm acesso a esse tipo de “regalia”. Vai entender...



Publicado em 01/11/2018 - por Bob Gonçalves

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png

Galeria de fotos: 1 fotos
Créditos:







Autor deste artigo

Publicidade

  • 
    50b2324f0aa1127b27ce46c6d6dd7ed4.jpg